Câmara entrega agradecimento a bombeiros por impedirem suicídio

Bombeiros Militares Cabo Douglas Coelho da Silva e Sargento Dirceu Gâmba Júnior foram reconhecidos por ato de bravura

Bombeiros posam segurando os títulos de reconhecimento com dois vereadores e uma vereadora
Em 13 de fevereiro bombeiros impediram homem de pular de torre, em São José - Foto: CMSJ

A Câmara Municipal de São José entregou Moção de agradecimento e reconhecimento por ato de bravura aos Bombeiros Militares Cabo Douglas Coelho da Silva e Sargento Dirceu Gâmba Júnior. A solenidade realizada na manhã desta sexta-feira (23/3) enalteceu o trabalho de ambos ao impedirem o suicídio de um cidadão, na noite de 13 de fevereiro, que ameaçava pular de torre.

A homenagem partiu do vereador Clonny Capistrano (PMDB) que justificou a Moção pelo ato de coragem dos bombeiros. “A ação ocorreu em período noturno, em grande altitude com risco de queda eminente, limitação de espaço, pouca visibilidade e probabilidade de descargas atmosféricas com o cidadão armado e entorpecido. Importante destacar neste ato que os bravos bombeiros não possuem curso de salvamento em altura”, frisou.

Da mesma forma, o presidente da Câmara, Orvino Coelho de Ávila, mencionou a importância de reconhecer o trabalho dos militares que arriscam suas vidas para defender a sociedade, mesmo nas maiores dificuldades. Opinião corroborada pelas vereadoras Méri Hang (PSD) e Sandra Martins (PSDB), além do vereador André Guesser (PDT), também presentes na entrega da Moção.

Publicidade

Já os agraciados relataram a característica da ação pelo fato de o homem estar entorpecido e armado. “Foi um ambiente diferente que misturava vários problemas sociais num único caso”, destacou o Sargento Dirceu Gâmba Júnior ao agradecer aos vereadores pelo gesto. “É um ato simbólico, mas que sirva de estímulo aos demais”, completou. Enquanto isso, o Cabo Douglas Coelho da Silva lembrou-se da surpresa em que foram pegos na época. “Sabíamos que era um caso diferente, mas conseguimos o sucesso”, recordou, afirmando que a Moção aprovada pela Câmara era um reconhecimento pela dedicação de toda a categoria.

O caso

Em 13 de fevereiro, por volta das 23h10, a Guarnição do ABTR – 117 do Corpo de Bombeiros de São José foi acionada para atendimento de uma ocorrência de possível suicida no alto de uma torre de telefonia.

Ao chegar no local, o Sargento BM Dirceu e o Cabo BM Douglas confirmaram a presença de um homem no alto da torre que possui mais de 40 metros de altura. Ao realizar a aproximação do suicida, os mesmos perceberam sua alteração de conduta, promovido pelo uso de entorpecentes, e um punhal de fabricação caseira em mãos. Sem perder contato visual e auditivo, em momento oportuno foi realizado o desarme do mesmo e o domínio físico e ancoragem para descida da torre.

Publicidade
COMPARTILHAR