frente do prédio da delegacia geral de polícia civil, onde há placa vertical
Reprodução/CSC

A Polícia Civil de Santa Catarina abriu processo administrativo disciplinar para investigar a suposta participação de dois agentes da corporação, lotados em São Lourenço do Oeste, em diversos crimes na região.

De acordo com o relato da Polícia Civil na abertura do processo, em 7 de novembro, o Gaeco de Chapecó apurou em seis escutas telefônicas que os acusados colaboravam com integrantes de organização criminosa da comarca, com envolvimento em diversos delitos, como tráfico de drogas, comércio de armas de fogo e munição, posse e porte ilegal de arma de fogo e munição, adulteração de identificação de veículo, contrabando e receptação.

Nas interceptações telefônicas a PC afirma que há várias conversas que comprometem os dois acusados com o indivíduo de inicias T.R., vulgo “cabra”, conhecido no meio policial por integrar organização criminosa de receptação de veículos furtados, tráfico de drogas e contrabando. As “inúmeras” conversas são combinações de práticas ilícitas, como compra e venda de um revolver calibre 357 e munições e negociações de veículos irregulares.

Publicidade

Por ordem judicial, os dois policias civis acusados foram afastados temporariamente de seus cargos. Houve buscas em suas residências e locais de trabalho, onde foram encontradas armas sem registro e cartuchos de munições já disparados.

Uma perícia em celular de outro homem envolvido mostra também que existe conversa com um dos policias acusado que trata de ameaças, intimidação, participação e/ou consentimento em tráfico de entorpecentes, comércio e uso ilegal de armas de fogo. Segundo a PC, um dos agentes e outro homem praticavam tiro juntos e o policial também estaria cobrando “pedágio” para facilitar o trânsito de cigarros contrabandeados na região.

Dois delegados e um agente da polícia civil foram designados para compor a comissão que vai analisar o caso, que tem 60 dias para dar um parecer, tratando o assunto com amplo direito à defesa e ao contraditório.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here