Petrobras aumenta em 19% preço do gás natural

    A partir deste domingo (1º/5) os preços de gás natural ficarão 19% mais caros, em média. O anúncio foi feito pela Petrobras na quinta-feira (29/4), sob a justificativa que seus contratos têm revisões trimestrais vinculados às variações do petróleo internacional e taxas de câmbio no período.

    Esse reajuste não se refere ao preço do GLP (gás de cozinha), envasado em botijões ou vendido a granel, mas ao gás encanado nas residências, GNV e ao gás utilizado em indústrias.

    Segundo a estatal os novos preços seguirão vigentes até 31 de julho, quando poderão novamente ser reajustados. A Petrobras também argumenta que essa política de variação de preços é benéfica porque “atenua volatilidades momentâneas e assegura previsibilidade e transparência”.

    Publicidade

    Na composição final do preço de gás natural ao consumidor – que em média tem 28% composto pela Petrobras – entram mais custos de distribuição e lucros dos intermediários, além de impostos estadual e federal.

    Publicidade