82 pássaros silvestres são apreendidos em Florianópolis

    oito gaiolas de diferentes tamanhos com os pássaros juntas no chão ao lado de dois botiç=jões de gás
    IMA/Divulgação/CSC

    A Polícia Civil e o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) apreenderam 82 pássaros da fauna silvestre mantidos em cativeiro e expostos à venda sem autorização dos órgãos ambientais, em Florianópolis.

    A operação aconteceu na terça-feira (19/5), no bairro Saco dos Limões. Segundo o delegado Felipe Brandão de Oliveira, houve denúncia anônima de que estaria ocorrendo comércio ilegal de aves através de redes sociais e que os pássaros eram mantidos em cativeiro, em um depósito de gás.

    Ao chegar ao local, a equipe se deparou com 69 pássaros mantidos em cativeiro de forma ilegal, além de 11 botijões de gás e pequena quantidade de substância que aparentava ser maconha.

    Publicidade

    A equipe também avistou pássaros sem anilhas em duas residências vizinhas, tendo seguido até os locais e encontrado outros 13 pássaros silvestres mantidos em cativeiro sem a autorização.

    Os pássaros foram apreendidos e encaminhados para análise e destinação pelos IMA, que deverá aplicar multas aos proprietários dos pássaros.

    150 aves resgatadas

    As operações conjuntas ocorrem após assinatura de Termo de Cooperação Institucional entre IMA e Secretaria de Estado de Segurança Pública para a troca de informações e apoio técnico na fiscalização ambiental do estado.

    Na última semana, por meio de operações em conjunto, a polícia e o IMA resgataram um total de 150 aves silvestres mantidas em cativeiro.

    A primeira operação ocorreu na sexta-feira (15), em Palhoça. No local foram encontrados 25 pássaros que estavam em garrafões de água e caixas de leite, além de outras 63 aves que também eram mantidas de forma irregular.

    policiais civis parados lado a lado em ladeira usando máscaras olham para homem com camiseta da fatma agaichado mexendo nas gaiolas no chão da rua
    PC/Divulgação/CSC
    Publicidade