Ao contrário do Figueira, Avaí chega ao clássico sem clima de tudo ou nada

Transporte público

Demora nos pontos, ônibus lotados, aumento nos preços das passagens, frota com ônibus velhos que quebram constantemente nos trajetos causando transtornos aos passageiros. São muitas as reclamações quando o assunto é transporte público em Palhoça. Preocupada com esse serviço essencial para a população, a prefeitura de Palhoça vai realizar nesta quinta-feira (28) uma audiência pública para debater uma nova concessão para o nosso maldado transporte público. Tá mais do que na hora de uma mudança.

Causa própria

Tem aquele ditado que diz: “farinha pouca, meu pirão primeiro”. Pois é isso que os nossos “nobres” deputados estaduais estão fazendo. É que mais uma vez os deputados estaduais criaram um projeto de lei que cria uma aposentadoria especial que irá beneficiar os parlamentares, servidores comissionados da Alesc, Governo, MP e Justiça. E tudo foi feito com uma grande rapidez demonstrando que quando querem fazer algo em causa própria a aprovação está logo ali. Enquanto isso outros projetos em prol da população continuam parados.

Destaque do jogo

Tem vitória magrinha, tipo aquela por 1 a 0, que é xexelenta. Mas tem vitória com esse mesmo placar que dá muita alegria ao torcedor. Não que o Avaí tenha feito uma apresentação de gala em campo, até porque a equipe errou em algumas finalizações e alguns passes decisivos. O Cruzeiro, que vive um grande drama, tomou as rédeas logo no início do jogo acertando o travessão do Leão. Só que no retorno do intervalo, aos 11min, Vinícius Leite cruzou para Lourenço tocar de cabeça e estufar as redes. O time mineiro insistiu, insistiu, mas parou nas grandes defesas de Gledson, o grande destaque do jogo. O Avaí não merecia outro final que não a vitória.

Clássico é clássico
Publicidade

Até o fechamento dessa coluna, Figueirense e Avaí ainda não haviam entrado em campo para a disputa de mais um clássico, desta vez valendo para a classificação à semifinal da Copa Santa Catarina. Para o alvinegro é jogo do tudo ou nada, já que a conquista do torneio dá a vaga para a disputa da Copa do Brasil 2022. Para o Avaí, a Copa SC serve apenas para garimpar novos talentos, sob o comando de Evando. Más como clássico é clássico, o Leão não quer dar moleza para o seu maior rival.

Ao contrário do Figueira, Avaí chega ao clássico sem clima de tudo ou nada
Leão está em bom momento na Série B, enquanto ao Figueirense só resta neste ano a Copa Santa Catarina – Fotos: Matheus Thiesen /Avaí FC e Patrick Floriani/FFC
Brigar pelo título

Não se pode negar a boa campanha do Avaí nesta segundona brasileira. É claro que o time oscilou em alguns jogos e isso incomodou muita gente. Não fossem alguns problemas extra-campo, o time poderia ter conquistado resultados melhores em alguns jogos. Mas o que importa é que o time voltou a engrenar e o clima de acesso já é sentido na Ressacada. O empate entre o CRB e Coritiba ficou de bom tamanho para o Avaí, que, se vencer o Operário/PR nesta sexta-feira (29), fica a dois pontos do coxa e poderá brigar pelo título.

Pedindo as contas

A Chapecoense faz a sua pior campanha num campeonato brasileiro. Nenhum clube catarinense que disputou o Brasileirão jamais fez uma campanha tão pífia como essa da Chape. E pra complicar ainda mais a sua situação, o técnico Pintado jogou o boné e pediu as contas, deixando as portas abertas pra quando ele quiser um dia retornar. Com Pintado no comando, a Chapecoense em 14 jogos conquistou apenas uma vitória, seis empates e sete derrotas. Pintado e sua comissão chegaram com a barca afundando e não conseguiram salvar o clube desse naufrágio. Do ponto de vista financeiro, Pintado prestou um grande favor pedindo as contas.

Bem me quer … mal me quer.
  • O Operário/PR vem de uma boa vitória pra cima do CSA por 4 a 2. O Avaí fez o seu dever de casa ao vencer o Cruzeiro por 1 a 0. O técnico Claudinei Oliveira quer surpreender o fantasma da vila em Ponta Grossa. Tem tudo para ser um bom jogo.
  • Como se já não bastassem alguns problemas extracampo, o técnico Jorginho dificilmente irá ter a participação do lateral Everton Santos no transcorrer da Copa SC. O capitão do Figueirense sofreu um estiramento muscular e irá ficar de molho por algumas semanas.
  • Pra quem gosta das competições de esporte amador, São José irá sediar de 24 a 30 de novembro a 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Serão várias modalidades esportivas disputados por mais de cem municípios. Vale apena prestigiar.
  • E o Atlético/MG, hem?! O Galo parece passear em seu e outros terreiros de crista erguida. O time está disparando na ponta da tabela e dificilmente irá perder a conquista de mais um título brasileiro.
Cartão rosa/vermelho

Cartão rosa para o treinador e professor de educação física que está com um projeto dedicado aqueles que adoram bater uma bolinha, seja em peladas ou até mesmo no futebol amador com o objetivo de fazer bons jogos e melhorar a performance em campo. Esse projeto tem preferência para jogadores acima de 35 anos, com vagas limitadas. Procure o professor Rafael no Guarani de Palhoça e venha fazer parte do trabalho.

Cartão vermelho para alguns motoristas de caminhão, ônibus e automóveis que não respeitam a distância segura dos ciclistas e dão aquela “fechadinha” no pessoal do pedal. De acordo com o artigo 201 do CTB, motoristas devem respeitar a distância de 1,5m ao passar ou ultrapassar um ciclista. Além de por a vida do ciclista em perigo, como o que aconteceu com a ciclista Jose, que veio a falecer nesta terça-feira (26), mais uma vitima dessa estatística, isso constitui crime. O certo é o maior sempre proteger o menor.

Pensamento do Bambi

Se não fosse pra comer de madrugada não teria lâmpada na geladeira.

Publicidade