Bandas de Floripa Bizibeize e Grillo e os Mosquitos lançam clipes; confira

    Ilha é cenário dos lançamentos recentes dos power trios da cidade

    Duas bandas de Florianópolis lançaram recentemente clipes com a ilha de cenário. Ambas são power trios, há anos presentes na cena musical florianopolitana.

    Grillo e Os Mosquitos, formada por João Peters (baixo), Pedro Germer (guitarra) e Gustavo Grillo (bateria), tem influências que vão do jazz e da música brasileira. Também encontram base no funk fusion, impossibilitando ficar parado ao ouvir a banda tocar.

    Bizibeize é um trio de rock criado em 2013 em Florianópolis, que mistura ruído com melodia, com flertes entre o punk, o grunge e o hardcore. O grupo traz na discografia o EP “Aquela Merda Toda” (2014) e “Passando Mal” (2016). Com passagens por palcos de Santa Catarina, São Paulo e Paraná, os rapazes já chegaram a tocar junto às bandas Dead Fish, Sugar Kane, Surra, Pense, Bullet Bane, Pacto Social, Garage Fuzz, entre outras.

    Bizibeize: Não é Pra Você

    Bizibeize: Não é Pra Você
    Bizibeize lança clipe gravado em pontos turísticos da Ilha – Reprodução/CSC
    Publicidade

    Reafirmando a força dos power trios no grunge e no punk rock, a banda Bizibeize lançou, na quinta (10), seu novo single e clipe ‘Não É Pra Você’. O novo trabalho da banda dá continuidade ao conceito proposto no último lançamento, em que a intenção é fugir dos padrões criativos, de nomenclaturas e nichos restritos, numa tentativa de pluralizar a criação artística, sonora e estética da banda. Com influências que passam por grandes nomes do rock alternativo da década de 90, a Bizibeize mira no caminho para um reinício.

    Buscando uma narrativa sobre o autoconhecimento por meio de momentos de introspecção, a banda reflete no clipe sobre um dia comum dos integrantes da banda, porém mostrando que a cidade de Florianópolis ainda é um ambiente plural e cheio de possibilidades para recomeçar. Como uma viagem de volta para os anos 90, o single é um convite ao desafio pessoal de se fazer melhor todos os dias e continuar lutando por seus sonhos e ambições independentemente do que as outras pessoas dizem ou pensam sobre você.

    As influências de bandas como Sonic Youth, Fellini, Ludovic e Husker Du se expandem para além da sonoridade barulhenta, instigante e energizante do hardcore e do noise pop dos anos 80/90 e estampam também a estética do videoclipe, que buscou inspiração em elementos urbanos como as ruas da cidade de Florianópolis, a Ponte Hercílio Luz, o Mercado Público e em mais alguns pontos do Centro Histórico da capital, locações escolhidas para dar vida ao projeto, e o skate. Elementos que foram e são, até hoje, fonte de inspiração para as letras de bandas de punk, grunge e skate punk.

    Grillo e os Mosquitos: Traz o Repelente

    Grillo e os Mosquitos: Traz o Repelente
    Power trio catarinense inova ao unir a música instrumental e o storytelling

    Uma tentativa de acampamento recheada de situações adversas e engraçadas. É sobre isso que trata o clipe “Traz o Repelente”, do power trio Grillo e os Mosquitos. O clipe inova ao trazer a sincronização do storytelling com o arranjo da música, como se notas e ações fossem uma coisa só. Com influências que vão do jazz e da música brasileira, o trio também encontra base no funk fusion, impossibilitando ficar parado ao ouvir a banda tocar. O clipe de “Traz o Repelente” é uma parceria com a produtora audiovisual Lavah Produções, de Florianópolis. O single já se encontra disponível nas principais plataformas de streaming.

    “A história do clipe teve origem a partir de uma discussão sobre o título da música (Traz o repelente) e o nome da própria banda (Grillo e os Mosquitos), elementos de um mesmo universo que poderiam ou não conversar de maneira harmônica. Então, por meio de alguns processos criativos propostos pela produtora, construímos um roteiro que envolve os três integrantes em uma tentativa de acampamento com situações adversas e divertidas”, explica o baterista, Gustavo Grillo.

    Gravado na Fazenda João Basila, em Ratones, área rural de Florianópolis, o clipe marca um novo momento do trio Grillo e os Mosquitos, em que a banda coloca em prática as propostas musicais levantadas durante toda a pandemia. Este single e os próximos são resultado de conversas, encontros e pesquisas musicais e revelam a aproximação entre a música brasileira e ritmos como o rock e o funk.

    Publicidade