Câmara de São José proíbe uso de coleiras com choque em animais

    Câmara de São José aprova projeto de lei que veta uso e comercialização de coleira que provoca choque em animais.
    Uso e comercialização da coleira que dá choque está proíbido - Pixabay/Divulgação/CSC

    A comercialização e uso de coleira de choque em animais está bem perto do fim no município de São José. A câmara votou e aprovou na sessão desta quarta-feira o Projeto de Lei nº 0178/2021, de autoria do vereador Jair Costa (PSD), que proíbe a prática.

    A coleira emite uma corrente elétrica quando o cachorro late para controlar seu comportamente. A descarga elétrica é enviada para os nervos da medula espinhal e para todo o corpo do animal, provocando cãibras, queimaduras no pescoço, aumento do estresse, problemas na saúde mental e emocional dos bichinhos.

    “Adestramento de animais de estimação deve ser feito através de técnicas que envolvam amor e carinho e nunca com atos de covardia que causam sofrimento nos animais”, disse o vereador. A lei segue para sanção  do prefeito.

    Publicidade