Carlos Moisés assina adesão de Santa Catarina ao ICLEI

Carlos Moisés assina adesão de Santa Catarina ao ICLEI
Assinatura de SC com o instituto poderá nortear ações de mitigação de emissão de gases do efeito estufa - Peterson Paul/Divulgação/CSC

O quarto dia de agenda do governador Carlos Moisés na COP26, em Glasgow, representou um marco para Santa Catarina no que diz respeito ao compromisso do estado com as metas do desenvolvimento sustentável.

O chefe do Executivo assinou o termo de adesão ao ICLEI América do Sul, consolidando o engajamento a uma das principais pautas em torno das mudanças climáticas: o desenvolvimento de baixo carbono. Em nível mundial, o ICLEI é uma associação de governos locais e subnacionais dedicados às ações de sustentabilidade.

“É muito importante para Santa Catarina poder contar com a expertise do ICLEI no monitoramento e na transparência das ações que já desenvolvemos e que iremos alcançar. O engajamento de Santa Catarina diante da mitigação dos efeitos das mudanças climáticas é uma demonstração de responsabilidade com o meio ambiente e com as futuras gerações”, frisou Carlos Moisés.

Publicidade

De acordo com o governador, além de inventariar o trabalho de Santa Catarina, o órgão fará o acompanhamento que vai indicar se os objetivos diante do desenvolvimento urbano sustentável estão sendo cumpridos.

Para Yunus Arikan, diretor de Advocacia Global do ICLEI, Moisés listou algumas das ações que Santa Catarina já colocou em prática, visando, especialmente, a redução da emissão de gases de efeito estufa e a transição justa da matriz energética do estado para fontes alternativas de energia limpa.

Entre as ações, o governador citou o investimento de R$ 300 milhões para a proteção e recuperação de nascentes, a implantação de uma rede de postos para recarga de carros elétricos, sistemas que ajudam a fiscalização por órgãos ambientais, além de incentivos fiscais a empresas comprometidas com a proteção ambiental.

Publicidade