Comandante Moisés é eleito governador de Santa Catarina

foto de moisés em cima de um caminhão, usando colete e adesivos do partido; há uma fila de motos que o acompanhando ao fundo na rua
Comandante Moisés (PSL) obteve 71% dos votos válidos para governador de Santa Catarina neste segundo turno - Foto: PSL/Divulgação

Santa Catarina foi às urnas neste domingo (28/10) para escolher o novo governador. Carlos Moisés da Silva, o Comandante Moisés (PSL), foi eleito com 71,09% dos votos, ante 28,91% de Gelson Merisio (PSD). Moisés terá ao seu lado a advogada Daniela Reinehr, também do PSL, como vice-governadora. Foi a primeira vez que Comandante Moisés se candidatou a um cargo político.

Do eleitorado catarinense total (5.068.559) houve comparecimento de 83,13% e abstenção de 16,87%. Com 100% das urnas apuradas, Comandante Moisés obteve 2.644.179 votos, Merisio 1.075.242 votos, brancos 151.683 (3,60%) e 342.415 nulos (8,13%).

Quem é Comandante Moisés

Carlos Moisés da Silva nasceu no dia 17 de agosto de 1967 em Florianópolis. É Bacharel e Mestre em Direito pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) onde foi professor de direito administrativo e constitucional, atualmente é advogado inscrito no Ordem dos Advogados do Brasil. É coronel de reserva do Corpo de Bombeiros Militar do Estado.

Publicidade

Ingressou em 1987 no Curso de Formação de Oficiais da Academia da Polícia Militar de SC, tendo concluído o Curso em 1990, quando passou a atuar no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC). Trabalhou nas cidades de Florianópolis, Criciúma e Tubarão. Além das funções de comando de organizações de bombeiro militar, atuou como Coordenador Regional de Defesa Civil no sul de SC, trabalhou como corregedor-adjunto do Corpo de Bombeiros Militar de SC junto ao Comando-Geral, bem como, na Secretaria de Justiça e Cidadania, na pasta que cuida da prevenção contra incêndio e pânico nas unidades prisionais do sistema.

Em março deste ano se filiou ao Partido Social Liberal (PSL) e passou a fazer parte da executiva estadual da sigla em Santa Catarina, dando o pontapé inicial para a construção da pré-candidatura ao Governo do Estado. Ele é casado com Késia e tem duas filhas, Raíssa e Sarah.

Publicidade