CPI dos Respiradores pede afastamento do controlador-geral do Estado

luis felipe ferreira controlador-geral de sc tem pedido de afastamento pela alesc
Deputados não gostaram da posição de Luiz Felipe Ferreira frente às perguntas da CPI dos Respiradores - Solon Soares/Agência AL/Divulgação/CSC

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Respiradores aprovaram, em reunião de trabalho realizada na manhã desta quinta-feira (25), requerimento com o pedido de afastamento do controlador-geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira. O documento deve ser submetido à apreciação do Plenário da Assembleia Legislativa e, se aprovado, encaminhado ao governador Carlos Moisés da Silva (PSL).

Para os integrantes da CPI, a partir dos dois depoimentos que Ferreira prestou à comissão, ficou evidenciado que o controlador não teria mais condições de continuar no cargo, por não ter tomado as medidas e precauções para evitar as irregularidades administrativas internas na Secretaria de Estado da Saúde (SES), que culminaram com a aquisição dos 200 respiradores com pagamento antecipado de R$ 33 milhões e sem garantia de entrega.

“Houve inconsistência, falta de profundidade, falta de clareza em todos os seus depoimentos, contrariando os princípios que norteiam a administração pública, dos quais ele deveria ser o guardião, tendo em vista o cargo que ele ocupa”, afirmou o presidente da CPI, deputado Sargento Lima (PSL), a respeito do controlador-geral.

Publicidade