Pelo menos até a próxima sexta-feira (9/8) permanece a interdição aos cultivos de moluscos bivalves (ostras, mariscos, vieiras, mexilhões e berbigões) em Porto Belo e Bombinhas. De acordo com a Cidasc é necessário que dois laudos com 48 horas de espaçamento indiquem a ausência da toxina na água que contaminou as produções.

Um dos laudos deve ter resultado nesta quarta e o próximo na sexta. Caso os dois sejam negativos, os cultivos, retiradas e comercialização dos moluscos serão liberados. Porém, se um deles der positivo para a toxina ácido ocadaico, reinicia o processo. A interdição ocorre desde a semana passada e atingem as praias de Zimbros, Canto Grande, Ilha joão da Cunha, Araça e Perequê.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here