Demora no atendimento de bancos motiva fiscalização do Procon em São José

fiscais do procon usando coletes e fazendo anotações em hall de banco - Demora no atendimento de bancos motiva fiscalização do Procon em São José
Fiscais foram conferir o atendimento das agências, sem autuações - PMSJ/Divulgação/CSC

Em ação com o Procon Estadual, o Procon de São José realizou na manhã desta quinta e sexta-feira (4 e 5) uma fiscalização em agências bancárias instaladas no município. A ação aconteceu devido às crescentes reclamações dos josefenses na demora dos atendimentos de bancos. A fiscalização foi realizada no atendimento prioritário e no atendimento normal.

O diretor do Procon, Wallace Avanir de Souza, explica que o objetivo da fiscalização foi cobrar das instituições o cumprimento da legislação vigente em relação ao atendimento ao público. “O intuito da operação é fiscalizar as agências bancárias, visto que muitos moradores de São José reclamam do péssimo atendimento”, explica Wallace.

Wallace reforça ainda que devido às necessárias medidas restritivas em relação à Covid-19, alegadas pelos bancos, há muita demora no atendimento. São inúmeras reclamações de demora, além do tempo que existe no atendimento de bancos após o usuário receber a senha e seu encaminhamento, ultrapassando o limite de espera da lei municipal, que é de 20 minutos.

Publicidade

“Foram fiscalizadas mais de 12 agências bancárias do município, onde constatamos algumas irregularidades e apresentamos orientações, alguns autos de constatação com o pedido de regularização, pois o Procon vai manter a fiscalização nos próximos dias para melhorar ainda mais o atendimento”, assinalou.

Publicidade