Em SC, 531 mil ainda não retornaram para 2ª dose

    Passado o intervalor recomendado por cada fabricante, 531.725 moradores de Santa Catarina que já poderiam ter recebido a segunda dose da vacina contra a Covid-19 ainda não retornaram para a injeção.

    A situação de atraso fez com que o Ministério da Saúde anunciasse um mutirão, que começa no sábado (20), para estimular os “atrasados” a receberem a segunda dose. Santa Catarina representa o terceiro estado com menos atrasados, ainda assim, porém, um número alto de pessoas que não completaram a imunização contra coronavírus.

    O estado discute com municípios como será esse mutirão, chamado de mega vacinação, para resgatar os que já deveriam ter retornado para tomar a segunda dose. Os responsáveis reúnem-se nesta quarta-feira (17/11) para definir a estratégia de chamamento e estímulo à segunda dose.

    D3 liberada
    Publicidade

    Nessa reunião, o estado vai discutir como será a aplicação da terceira dose à toda população adulta que completou 5 meses da D2, novidade anunciada pelo ministério nessa terça.

    De acordo com dados do Ministério da Saúde, Santa Catarina tem, atualmente, 381.660 pessoas acima de 18 anos aptas a tomar a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. Para completar todo esse grupo, será necessário mais 3,9 milhões de doses de vacinas.

    Segunda dose da Janssen

    O MS determinou que MS também que quem tomou a dose única da vacina Janssen deve retornar aos pontos de vacinação para tomar a segunda dose em um intervalo de 8 semanas. O estado de Santa Catarina aguarda a chegada de doses da Janssen para iniciar a aplicação da segunda dose nesta população. São necessárias 238.850 doses da vacina deste fabricante.

    Publicidade