estrutura metálica de uma torre de transmissão vista de perto
Iniciativa começou pelos municípios de Angelina, Siderópolis e Abdon Batista - Foto: Divulgação

Enquanto aguardam a análise dos estudos ambientais e a emissão da licença prévia e de instalação, as empresas contratadas da EDP Transmissão Aliança SC iniciaram o cadastro de trabalhadores interessados nas primeiras vagas previstas para quando as obras de implantação forem iniciadas. As cidades de Angelina (região da Grande Florianópolis), Siderópolis (região de Criciúma) e Abdon Batista (região do Planalto Sul) foram escolhidas para sediar este levantamento prévio, por estarem localizadas em pontos estratégicos para o empreendimento.

Orçado em R$ 1,3 bilhão, o empreendimento envolve a construção de cerca de 500 quilômetros de novas linhas de transmissão de energia elétrica, percorrendo o Sul e Meio-Oeste Catarinense, tendo em seus extremos as cidades de Biguaçu e Campos Novos. Além disso, o projeto ainda contempla a construção de nova subestação de energia para Siderópolis.

O cadastro inicial busca profissionais habilitados nas seguintes áreas: armador, auxiliar de topografia, carpinteiro, encarregado de produção, montador, motorista de caminhão munck, motorista de carreta, operador de escavadeira, operador de guindaste, operador de motoniveladora, operador de motosserra, operador de pá carregadeira, operador de perfuratriz, operador de retroescavadeira, operador de trator agrícola, pedreiro e topógrafo. Haverá ainda previsão de vagas para auxiliar de escritório, auxiliar administrativo, ajudante de serviços gerais e zelador, que não exigem experiência profissional anterior.

Publicidade

De acordo com a complexidade da função exercida, estão previstos treinamentos específicos como, por exemplo, direção defensiva para motoristas, prevenção de acidentes para operadores de motosserra e de máquinas pesadas, entre outros. A previsão é que sejam criadas 2300 vagas de trabalho no pico das obras.

Os interessados em integrar o cadastro reserva podem se dirigir às unidades do SINE em uma das três cidades, ou no órgão municipal parceiro da obra, munidos de carteira de trabalho, currículo, documentos pessoais (RG e CPF) e comprovante de endereço.

Benefícios regionais

Segundo analisa o presidente da EDP Transmissão Aliança, Luiz Otavio Henriques, o empreendimento vai atenuar a dependência atual da energia proveniente da Usina Termelétrica – UTE Jorge Lacerda, localizada no município de Capivari de Baixo, mais onerosa para o consumidor final, além de possibilitar o reforço estrutural do sistema de transmissão já existente. “Trata-se de um investimento que vai proporcionar ao estado de Santa Catarina a infraestrutura energética necessária para atingir todo o seu potencial econômico”, afirma Henriques. A nova subestação de Siderópolis, por exemplo, vai permitir desafogar a demanda atual sobre a subestação local e, assim, diminuir a dependência da subestação de Forquilhinha.

Publicidade
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here