Equipes do Ministério da Saúde e do Hospital Sírio-Libanês visitam a UPA de Forquilhinha

Reconhecida como uma das cinco melhores do Brasil, a unidade foi selecionada para receber projeto Sepse, que visa reduzir a mortalidade por infecções hospitalares

grupo de homens e mulheres posa para a câmera
Além das equipes da UPA Forquilhinha, do Sírio Libanês e do Ministério da Saúde, a visita à unidade contou com a presença da secretária de Saúde, Sinara Simioni; do secretário-Adjunto de Saúde, Udo Hawerroth; da Diretora de Atenção Especializada de São José, Geovana Stedile; da equipe UPA Joinville e da Diretora de Média e Alta Complexidade de Joinville, Marlene Bonow Oliveira - Foto: Secom/PMSJ/Divulgação

Uma das cinco melhores unidades de pronto atendimento do Brasil, a UPA de Forquilhinha, em São José, recebeu na manhã desta segunda-feira (25/2) a visita das equipes do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, e do Ministério da Saúde, para apresentar a ideia de implantação do Projeto Sepse, que tem o objetivo de reduzir a mortalidade por infecções no Brasil.

São mais de 600 UPA existentes no país, e inicialmente 60 foram selecionadas e estão recebendo visitas para diagnóstico, a exemplo da UPA 24h de Forquilhinha. As UPA de cidades próximas são convidadas a acompanharem também e sanarem dúvidas referentes ao método utilizado no projeto.

Na visita das equipes é feito um diagnóstico das condições da unidade, que posteriormente será convertido pelo Ministério da Saúde em objetivos de melhorias. Os participantes também conhecem o método de melhoria do Institute for Healthcare Improvement (IHI), suporte virtual e visitas periódicas no futuro.

Publicidade

A técnica do Proadi/SUS e Coordenadora-geral de Urgência e Emergências do Ministério da Saúde, Karyna Miranda, ficou satisfeita em conhecer a UPA Forquilhinha. “A UPA Forquilhinha já segue um modelo exemplar em termos técnicos, administrativos e estruturais. Durante a visita-diagnóstica vi o empenho das pessoas em melhorar a qualidade do SUS e isso é de grande valia. Estou ansiosa para dar início à próxima etapa”, comentou.

O médico Superintendente da Área Crítica e Diretor de Qualidade e Segurança do renomado Hospital Sírio-Libanês, José Mauro Vieira Júnior, acredita que o programa tem sido enriquecedor e tem tudo para dar certo. “Eu nunca havia participado de algo tão potente e impactante como está sendo esse projeto. E tenho certeza que com a ajuda de todos, nos engajaremos ainda mais e ofereceremos um tratamento mais adequado e eficaz para a sociedade.”

“Priorizamos a qualificação da equipe para garantir a todos um atendimento em saúde mais humanizado e com a qualidade que todos os cidadãos merecem. Essa capacitação motivará os profissionais a se empenharem ainda mais para elevar os índices em saúde, assim como os que já vêm sendo obtidos”, explica a secretária de Saúde, Sinara Simioni.

A UPA Forquilhinha foi inaugurada em dezembro de 2017 e realiza cerca de 10 mil atendimentos por mês em São José, segundo a prefeitura.

Publicidade