Frente realizou sua primeira reunião na noite desta terça (7/5); objetivo é discutir problemas comuns dos municípios, principalmente a mobilidade urbana - Foto: Fábio Queiroz/Agência AL
Frente realizou sua primeira reunião na noite desta terça (7/5); objetivo é discutir problemas comuns dos municípios, principalmente a mobilidade urbana - Foto: Fábio Queiroz/Agência AL

A frente parlamentar da Grande Florianópolis foi lançada oficialmente na noite desta terça-feira (7/5), na Assembleia Legislativa, em reunião que contou com a presença dos prefeitos de Palhoça e de Governador Celso Ramos, destacando a preocupação em defender conjuntamente as demandas da região, que abrange 22 municípios, que somam mais de 1,2 milhão de moradores.

A prioridade dos oito deputados serão os debates que envolvam a mobilidade urbana, principalmente o contorno viário da região, esgoto sanitário e projetos em comum que atendam a maioria dos municípios da Grande Florianópolis.

O deputado Nazareno Martins (PSB), que será coordenador da frente, destacou que a região só terá força política se unir os parlamentares e prefeitos, independentemente de siglas partidárias, na busca de soluções de problemas estruturais que afetam a todos os catarinenses que precisam visitar a capital do Estado, seja a trabalho ou a lazer. Nazareno citou como prioridades a construção do contorno viário, construção da terceira pista entre Palhoça e Biguaçu, de uma terceira pista na BR-282 até Alfredo Wagner, integração do transporte urbano, implantação do transporte marítimo Ilha/Continente e de um sistema de tratamento de esgoto sanitário da região.

Publicidade

João Amin (PP) disse que é preciso unir os vereadores, entidades empresariais e sociais de toda região na frente parlamentar. Enalteceu que a mobilidade urbana é uma preocupação não só dos moradores da Grande Florianópolis, mas de todo Estado, além de unir os prefeitos na discussão de implantação de um sistema de tratamento de esgoto sanitário que beneficie todos os municípios.

Moacir Sopelsa (MDB) lembrou que a região da Grande Florianópolis é todos os catarinenses e que os problemas da região afeta a todos. Jair Miotto (PSC) sugeriu convidar o secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, para participar das reuniões da frente, devido aos maiores problemas estarem relacionado à pasta dele. Marlene Fengler (PSD) afirmou estar disposta a contribuir na busca de soluções e que todos os deputados deverão prestigiar a frente devido o que ocorrer na região afeta todo Estado.

Bruno Souza (PSB) enfatizou que além da pauta de infraestrutura que preocupa todos os moradores da região, a frente parlamentar também servirá para debater temas envolvendo as questões turísticas e tecnológicas. Laércio Schuster (PSB) observou que mesmo representando região do Vale do Itajaí, defende a integração dos municípios em busca de soluções conjuntas e que a frente vai fortalecer o trabalho da associação dos municípios, além de dar credibilidade ao trabalho dos prefeitos.

O prefeito de Palhoça, Camilo Martins (PSD), parabenizou a Assembleia Legislativa pelo lançamento da frente parlamentar e relatou o trabalho que vem realizando pela construção do contorno viário da região. “Com a força dos deputados tenho certeza que seremos mais ouvidos na busca de soluções.” O prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos (PSD), também enalteceu o lançamento da frente parlamentar e disse que a região não aguenta mais “o jogo de empurra e que nada é resolvido”.

Nazareno Martins informou que será elaborada uma pauta de reuniões e que nos próximos dias, em data ainda a ser definida, haverá nova reunião para discutir os problemas da região. Integram também a frente os deputados Marcos Vieira (PSDB) e Sérgio Motta (PRB).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here