homem abastecendo carro com GNV
Foto: SCGás/Divulgação

Segundo estimativa de evolução do custo de gás natural e seu transporte, com base de levantamento até abril/20, é previsto uma queda superior a 20% no preço do gás natural, a partir de julho em Santa catarina. Mesmo com a alta do dólar, há um aumento de competitividade em razão da forte queda do preço do brent (petróleo) no mercado internacional, ocasionado pela crise da pandemia de Covid-19.

Conforme dados do mês de abril, o gás natural em Santa Catarina atendeu: 285 indústrias, que representam mais de 50% do PIB industrial do Estado; 133 postos de Gás Natural Veicular (GNV), em 50 cidades; 643 postos de consumo comercial; cinco clientes de cogeração, um de matéria-prima; e 15.655 unidades residenciais.

Conforme levantamento do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em março havia 107.429 usuários de GNV com carros emplacados em Santa Catarina.

Publicidade

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here