Nesta sexta-feira, o governador Carlos Moisés discutiu com secretários e equipes técnicas e o funcionamento do sistema de avaliação de governo – Foto Mauricio Vieira/Secom

O governo de Santa Catarina anunciou nesta sexta-feira (28/6) que passará a trabalhar com mais de 250 metas de gestão, que serão medidas por indicadores em todas as áreas de administração pública.

O sistema será uma autoavaliação permanente da própria gestão estadual, com objetivo de fazer justamente que o governo atinja os resultados planejados em quatro grandes áreas: gestão pública, infraestrutura e mobilidade, desenvolvimento econômico e sustentável e desenvolvimento social. Caberá à Secretaria Executiva de Integridade e Governança (SIG) o monitoramento dos indicadores.

O governador, Carlos Moisés, definiu ajustes com os os secretários Jorge Eduardo Tasca (Administração), Naiara Augusto (Integridade e Governança) e as equipes técnicas nessa sexta para anunciar o sistema, que ainda terá mais desenvolvimento antes de ser lançado, sem data definida.

Publicidade

De acordo com Moisés, é dever do Estado trabalhar com metas, da mesma forma como faz a iniciativa privada.  A gestão por resultados. “Nós validamos um modelo de avaliação de desempenho com todos os indicadores. Ou seja, a gente traça uma meta, determina uma nota para cada item avaliado e verifica se os objetivos estão sendo atingidos ou se precisamos rapidamente fazer correções na forma de tratar cada questão”, explica.

A maioria das áreas são influenciadas pelos indicadores das demais, o que aumenta a necessidade de integridade entre os órgãos e secretarias da administração estadual. Segundo a secretária Naiara Augusto ainda será necessário o compartilhamento de todas as bases de dados que o governo estadual possui.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here