IGP lança site para localizar pessoas desaparecidas por meio de perícia

O Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP) lançou o site do programa Conecta, em que a perícia catarinense pode se aproximar da população para localizar pessoas desaparecidas. A ação faz parte da campanha nacional de coleta de DNA de familiares de pessoas desaparecidas, promovida pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública, que começou nesta terça-feira (25/5).

O Conecta é um programa integrado para identificar vítimas através de dados obtidos de seus familiares e da utilização de ferramentas de antropologia forense, odontologia legal, genética forense e representação facial humana. O site do IGP contém informações para que os familiares de pessoas desaparecidas possam aderir ao programa e realizar seu cadastro, com o passo a passo de como contribuir com DNA que fará parte do banco nacional de perfis genéticos.

Referente à participação de Santa Catarina na campanha nacional, os familiares devem agendar atendimento no site do Conecta. Em Florianópolis, a coleta do material genético dos familiares será de 14 a 18 de junho. No dia 16 de junho, ocorre uma ação simultânea nos IGPs de Lages, Joinville, Criciúma e Chapecó. Nessas unidades, além da coleta de materiais biológicos dos familiares, ocorre a entrevista antropológica (para conhecer melhor os detalhes das características de uma pessoa) e o programa de progressão de idade (que simula as mudanças na fisionomia com o passar do tempo). Também haverá ação conjunta com a Polícia Federal em Florianópolis e Dionísio Cerqueira.

Publicidade

Após a finalização da campanha, o serviço continua pelo site do Conecta. Moradores de outras cidades podem se cadastrar conforme as instruções do portal e serão contatados para agendamento.

Publicidade