Jorge Tasca, secretário de Administração, pede exoneração

0

Jorge Eduardo Tasca já não é mais o secretário estadual de administração. Ele pediu exoneração nessa segunda-feira (14/9). É a terceira baixa do governo Moisés nessa semana, ao lado das saídas do chefe da Defesa Civil, João Batista Cordeiro Júnior, e do Iprev, Kliever Schmidt.

Tasca é arrolado em pedido de impeachment junto de Moisés e da vice, Daniela Reinehr. A comissão especial de impeachment faz votação nesta terça (15) na Alesc sobre o aceitamento ou não da denúncia, com base na denúncia da equiparação salarial de procuradores.

Nota do governo

Em nota oficial, o governo do estado confirmou o pedido de exoneração de Tasca: “Durante o período que esteve à frente da pasta, foram conquistados avanços significativos na gestão pública, com inovação, digitalização e revisão de contratos, que resultaram em economia na ordem de R$ 360 milhões aos cofres estaduais”.

Publicidade

Com a mudança, o atual secretário adjunto Luiz Antonio Dacol assume a Secretaria de Estado da Administração.

Publicidade
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here