Jucesc lança nova ferramenta de comunicação nessa segunda-feira

    homem olha para tela de celular com site da jucesc aberto
    Mauricio Vieira/Secom SC/Divulgação/CSC

    A Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc) lança nesta segunda-feira (31/8) o sistema integrado de comunicação (Sicom). A nova plataforma tem o objetivo de facilitar o diálogo entre o órgão mercantil e o empreendedor, reunindo todas as formas de contato e informações em um único canal. A partir de agora, todas as demandas dos usuários terão como porta de entrada o Sicom, independente do assunto. Para contatar via e-mail, o endereço eletrônico é atendimento@jucesc.sc.gov.br, já o número do WhatsApp é (48) 99183-1591.

    O sistema 100% digital da junta comercial de Santa Catarina permite o recebimento de processos todos os dias da semana, feriados e finais de semana incluídos, 24h por dia. Com as inovações implantadas pela Jucesc no sistema, atualmente é possível abrir uma empresa em menos de oito minutos por meio do registro automático.

    A Jucesc trabalha também na integração do sistema do órgão com os 295 municípios de Santa Catarina, que vai proporcionar, em breve, que todas as licenças e alvarás sejam liberados de maneira célere e totalmente desburocratizada, em união de prefeituras e todos os órgãos responsáveis. Um passo à frente na modernização dos registros mercantis.

    Publicidade

    “Nós investimos em tecnologia e inovação para desburocratizar processos. Criamos um ambiente com segurança jurídica e incentivos para os empreendedores. Esse cenário é propício para atrair e manter empresas, ainda mais em um período de tantos desafios como esse de pandemia. Todos esses fatores em conjunto auxiliam na geração de renda, emprego e desenvolvimento para o nosso Estado”, ressalta o governador Carlos Moisés.

    Abertura de empresas

    Segundo a Jucesc, Santa Catarina já alcançou em 2020 a marca de 100 mil novas empresas, sendo que 65 mil foram abertas durante a pandemia. Do início do ano até 31 de julho, foram contabilizados 557 empreendimentos estabelecidos em terras catarinenses, enquanto 322 deixaram o estado, o que representa um saldo de 235 novas empresas que escolheram Santa Catarina para empreender.

    Publicidade