Litoral de SC tem 77% dos pontos analisados próprios para banho

    bombeiro faz coleta de água em praia para verificar índice de poluição nos pontos do litoral
    O IMA conta com apoio do Corpo de Bombeiros para a realização das coletas - Julio Cavalheiro/Secom SC/Divulgação/CSC

    O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) divulgou o segundo relatório de balneabilidade da temporada 2021/2022. De acordo com a pesquisa, 77,1% dos 231 pontos analisados estão próprios para banho no litoral catarinense, o que corresponde a 178 localidades. Em Florianópolis, dos 87 pontos onde há coleta, 68 estão em condições de receber banhistas, o que representa 78,2%.

    Segundo o IMA, quando há chuva forte, combinada com a maré cheia, direção do vento, entre outras variáveis ambientais, pode haver eventualmente a impropriedade para banho de alguma praia ou ponto específico, resultando no aumento dos coliformes fecais. No verão, a impropriedade no litoral porque aumenta a quantidade de esgoto produzida.

    Os pontos monitorados pelo IMA são identificados com placas de sinalização. Em alguns locais ocorre a adulteração indevida da identificação da qualidade da água, o que pode ser caracterizado como crime ambiental. “É considerado crime ambiental, pois omite uma informação de utilidade pública que tem o objetivo zelar pela saúde de todos os usuários, no que diz respeito à balneabilidade”, explica o diretor de engenharia e aualidade ambiental do IMA, Fábio Castagna Silva.

    Publicidade