Metade dos rios tem problemas

    Foto: Divulgação/CSC

    A cada três meses a Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Sema) de Santa Catarina, integrada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), divulga os resultados do Programa de Monitoramento da Qualidade das Águas de Santa Catarina (Qualiágua SC). Conforme os dados publicados em 29 de abril, referente a março, 19 dos 40 pontos monitorados atenderam aos critérios de qualidade determinados pela legislação. Isto é: 21 amostras não atenderam aos critérios em, pelo menos, um dos parâmetros analisados.

    Atualmente o Qualiágua SC monitora os rios do Litoral do Estado, ou seja, aqueles que integram o sistema de drenagem da Vertente Atlântica. As coletas da campanha foram realizadas entre os dias 3 e 16 de março. Os principais parâmetros em desconformidade registrados foram os de coliformes termotolerantes e turbidez, o que pode indicar lançamento de esgoto doméstico ou dejetos animais.

    A categorização, de acordo com o valor do Índice de Qualidade da Água, classifica a água dos pontos em ótima, boa, razoável, ruim e péssima. Por esse indicador, 30% dos pontos amostrados apresentaram qualidade boa; 67,5% razoável e 2,5% qualidade ruim.

    Publicidade