desenho representativo de esquema de ligação residencial de esgoto à rede pública
Imagem: Casan

Moradores dos bairros Floresta, Nossa Senhora do Rosário e Bela Vista, de São José, serão orientados a partir do mês de março a realizarem a conexão de seus imóveis ao sistema de esgotamento sanitário implantado pela Casan.

Os proprietários receberão avisos em suas faturas de água. Também será enviado às residências um comunicado, acompanhado de um fôlder, que explica como fazer a ligação dos imóveis ao sistema.

Os bairros Floresta, Nossa Senhora do Rosário e Bela Vista são contemplados no projeto de ampliação da cobertura de esgoto em São José e já foi instalada, em frente de mais de mil imóveis, a rede de coleta e a caixa de inspeção.

Publicidade

É para esta caixa de inspeção que os moradores deverão direcionar o fluxo de seu sistema individual de esgoto e também é o ponto que marca até onde a Casan terá responsabilidade sobre o sistema. Na parte interna, cabe ao morador providenciar as adaptações para que possa ser atendido com esse serviço que vai coletar e tratar o esgoto.

A orientação da companhia é de que o proprietário busque o auxílio de um encanador ou de um instalador hidráulico para verificar os encanamentos em seu imóvel e para realizar a conexão ao sistema público de esgoto.

Com a operacionalização do sistema de esgoto, a Casan passará também a cobrar por esse serviço, que equivale a 100% da fatura de água. O início de cobrança está previsto para final do primeiro semestre de 2019, e todas as informações e orientações serão levadas aos moradores no momento adequado.

No total, a Casan está investindo R$ 23,9 milhões na ampliação do sistema de esgoto de São José. O Centro Histórico e o bairro Ponta de Baixo também estão recebendo redes coletoras e ligações domiciliares, porém para essa região ainda não haverá autorização para que os imóveis sejam conectados ao sistema.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here