Municípios de SC têm 277 mil doses para iniciar vacinação em novos grupos

    Estado ainda recebe mais 224 mil doses de vacina nesta terça

    Santa Catarina inicia na quarta-feira (26/5) a vacinação contra coronavírus nos grupos de profissionais da educação e população de rua.

    professora usando máscara dá aula para crianças em carteiras usando máscaras - doses para vacinação de professores
    Estado tem 176 mil profissionais atuando no setor educacional; demanda de vacinas, porém, deve ser menor, já que parte já se vacinou – Ricardo Wolffenbüttel/Secom SC/Divulgação/CSC
    Doses disponíveis

    De acordo com dados do boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), o estado tem aproximadamente 812 mil doses em estoque – resultado de 2.190.430 vacinas aplicadas, de um total de 3.002.950 doses recebidas.

    Dessas 812 mil, ao menos 361,4 mil estão reservadas para a aplicação de segunda dose (304.140 de AstraZeneca e 57.340 da Coronavac-Butantan). De acordo com informe do governo desta segunda, cerca de 174 mil foram usadas nos últimos dias, o que deixa um estoque disponível nos municípios catarinenses de cerca de 277 mil doses para atender os próximos públicos – professores, população de rua, população carcerária e forças de segurança, além da continuidade da vacinação de pessoas com comorbidades.

    Publicidade

    Ainda nesta terça-feira (25) à noite Santa Catarina recebe mais 224 mil doses de vacina, sendo 203 mil da patente Astrazeneca-Friocruz e 21 mil da Pfizer.

    A estimativa do governo estadual é de que 176.363 profissionais da educação sejam imunizados em SC, a começar pelos trabalhadores da educação especial. Porém, cerca de 18% dessas pessoas já podem ter sido vacinadas, pertencentes aos grupos de idosos ou de comorbidades.

    Censo escolar

    Simultaneamente à vacinação no setor educacional, o governo estadual, junto com municípios, faz um censo escolar para coletar informações sobre todos os profissionais que atuam nas escolas de Santa Catarina e ter um número mais preciso de pessoas a serem vacinadas.

    De acordo com o levantamento, 1,16% dos profissionais da educação afirmaram que já se vacinaram, mas há também 18% que estão em grupo de risco e elencáveis à vacinação no segmento das comorbidades. Isso pode significar que essas pessoas (31,6 mil) já tomaram a vacina depois de 10 de maio, data do questionamento.

    Até esta terça-feira (25) o censeamento apontou que 13% dos profissionais de educação atuam exclusivamente no ensino remoto, o que significa 148 mil pessoas atuando no ensino híbrido. 18% percentem ao grupo de risco à covid (teoricamente já vacinados).

    Segundo informações da Secretaria de Educação, até sexta-feira (28/5) está aberto outro formulário para inclusão de novos profissionais contratados para atuar nas escolas, motoristas do transporte coletivo, técnicos que atuam nas secretarias municipais e estadual de educação e coordenadorias regionais de Educação, além dos profissionais que perderam o prazo do primeiro cadastro para imunização.

    De acordo com o Plano de Vacinação, os cadastros realizados a partir de agora integrarão o último grupo prioritário de profissionais da área a receberem a vacina.

    Vacinação dos profissionais de Educação

    O primeiro grupo de prioridade na vacinação leva em conta os profissionais que atuam no modelo presencial, considerando que estão mais suscetíveis ao contágio do vírus. Dentro deste grupo, serão vacinados inicialmente os profissionais da Educação Especial, que atuam com crianças que têm maior dificuldade de seguir os regramentos sanitários, principalmente o uso de máscaras e o distanciamento social.

    Grupo Público alvo Estimativa
    Grupo 1 Professores e auxiliares que atuam nas instituições de Educação Especial (Centro de Atendimento Educacional Especializado – CAESP). 4.818
    Grupo 2 Professores, 2º professores e auxiliares e afins que atuam em sala de aula das creches com crianças de 0 a 3 anos de idade. 35.900
    Grupo 3 Professores, 2º professores e auxiliares e afins em sala de aula da pré-escola, com crianças de 4 a 6 anos de idade. 16.478
    Grupo 4 Profissionais que atuam na equipe técnica, administrativa e pedagógica e que atuam na execução do PlanConEdu na recepção de estudantes e comunidade em geral. 10.931
    Grupo 5 Profissionais que atuam nas atividades de limpeza, alimentação, serviços gerais e similares. 12.735
    Grupo 6 Professores, 2º professores e auxiliares e afins do ensino fundamental anos iniciais (ciclo de alfabetização 1° ao 3° anos). 18.737
    Grupo 7 Professores, 2º professores e auxiliares e afins que atuam em sala de aula do ensino fundamental anos iniciais (4° e 5° anos). 7.239
    Grupo 8 Professores, 2º professores e auxiliares e afins que atuam em sala de aula do ensino fundamental anos finais. 16.270
    Grupo 9 Professores, 2º professores e auxiliares e afins que atuam em sala de aula do ensino médio. 6.884
    Grupo 10 Professores, 2º professores e auxiliares e afins que atuam em sala de aula do ensino profissionalizante. 2.578
    Grupo 11 Professores, 2º professores e auxiliares e afins que atuam em sala de aula do ensino superior. 7.363
    Grupo 12 Trabalhadores da educação que atuam de forma presencial em outras áreas. 14.489
    Grupo 13 Trabalhadores da educação que atuam em atividade remota, EAD ou similares. 21.941
    Total 176.363

    Por Lucas Cervenka – reportagem@correiosc.com.br

    Publicidade