380 negocios de mulheres da gde fpolis sairao da informalidade
Programa do Sebrae busca colocar em comunhão os saberes e a força feminina direcionada para seus negócios - Foto: Divulgação/CSC

As estatísticas mostram que as mulheres abrem mais negócios que os homens e normalmente são mais escolarizadas, mas, mesmo assim, seus empreendimentos são menos inovadores e têm lucros mais baixos, além de serem negócios menos diversificados e com menor potencial de internacionalização. Além disso, elas pagam taxas mais altas de juros, mesmo sendo mais adimplentes.

Para o Sebrae, fica claro que é fundamental fomentar as ideias e os negócios liderados por mulheres de modo a gerar crescimento e empoderamento econômico delas e consequentemente de toda a sociedade. É o que será feito com 380 negócios geridos por mulheres na Grande Florianópolis.

Nesta quinta-feira (11/7), o Sebrae lança o projeto “DELAS Mulher de Negócios — Desenvolvendo Empreendedoras Líderes Apaixonadas pelo Sucesso”, um programa de aceleração para aumentar a probabilidade de sucesso de ideias e negócios liderados por mulheres. O projeto terá duração de 16 meses, com o objetivo de tirar esses 380 negócios da informalidade, possibilitando que as gestoras alavanquem cada empreendimento, além da buscar valorizar as competências, comportamentos e habilidades das mulheres, difundindo e profissionalizando a cultura empreendedora.

Publicidade

O projeto é coordenado por Marina Elena Miggiolaro Barbieri, e oferece em três eixos (qualificação, networking e eventos) novas perspectivas de mercado para cada participante.

O lançamento do projeto será às 9h na ACM, na SC 401, em Florianópolis, com duas palestras (Silvia Folster e Juliana Lopes) e uma apresentação da peça de teatro SóFridas.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here