Oito ruas do Centro Histórico de Florianópolis serão reformadas

Prefeitura quer concluir o repaginamento das ruas no entorno da Praça XV e adjacentes até o fim do ano

desenho do novo calçamento sobre foto da rua ao lado da praça xv
Entorno da Praça XV receberá pavimentação nova, com blocos paver - PMF/Divulgação/CSC

A Prefeitura de Florianópolis já tem o conceito da revitalização e qualificação que fará em mais uma área do Centro Histórico da cidade. As quatro ruas do entorno da Praça XV de Novembro e outras quatro vias públicas da região leste serão uniformizadas – Rua Tiradentes, o Calçadão da João Pinto, a Rua Nunes Machado e a Rua Fernando Machado.

O lançamento da licitação para contratação da empresa que vai executar as obras está previsto para acontecer em março, em comemoração ao 347 anos da cidade. “Depois da restauração da antiga Casa de Câmara e Cadeia e da revitalização do Largo da Alfândega, faremos mais esta obra para valorizar o Centro Histórico de Florianópolis”, ressalta o prefeito, Gean Loureiro.

Para fins de uniformização, as vias passarão pela mesma mudança. Elas terão o pavimento em paralelepípedo trocado por pavimento em paver (blocos de concreto intertravados) e nivelado com a calçada, que será refeita em granito e terá ganho de acessibilidade.

Publicidade

“A ideia é privilegiar as pessoas e deixar esta região do Centro Histórico mais harmônica e no estilo do novo Largo da Alfândega recém-entregue”, diz o secretário de Infraestrutura, Valter Gallina, que garante que a revitalização será concluída ainda este ano. O secretário também enfatiza que as mudanças previstas nas ruas da região não vão acarretar alterações no trânsito, após o término das obras.

Segundo cálculos da prefeitura, o valor do investimento é de cerca de R$ 8 milhões.

croqui sobre foto da rua joão pinto de como ficará o novo calçamento
Conceito de novo pavimento em granito com melhor acessibilidade na Rua João Pinto – PMF/Divulgação/CSC
Entorno do Largo da Alfândega

Após o Carnaval, a prefeitura vai iniciar as obras das calçadas acessíveis em granito no entorno do Largo da Alfândega. Mais especificamente, na Rua Conselheiro Mafra, nos dois lados do trecho entre a Rua Arcipreste Paiva e a Rua Deodoro – devido ao acesso à antiga Casa da Alfândega e à praça do Largo da Alfândega – e dali até a Rua Jerônimo Coelho, na lateral do Mercado Público, por ser prédio histórico.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here