Pescadores são multados em R$ 250 mil por uso de rede ilegal no sul da ilha

    Cada pescador foi multado em R$ 36 mil

    grande quantidade de peixes no cerco da rede ao lado do barco, com dez homens na lateral olhando para a água
    Flagrante do uso de rede anilhada para pesca de corvina rendeu multa alta aos trabalhadores - PM Ambiental/Divulgação/CSC

    Nessa segunda-feira (12/10), a PM Ambiental flagrou um barco de pesca em águas ao sul da ilha de Florianópolis utilizando rede irregular para a captura. Os pescadores foram multados em R$ 250 mil pelo uso de rede anilhada, que é considerada “fechada” demais e pega animais menores do que o permitido.

    Segundo a Polícia Militar Ambiental os pescadores faziam uso da rede anilhada para pesca de corvina, que não pode ser usada para essa espécie, configurando pesca predatória.

    Os policiais partiram da Caieira da Barra do Sul para interceptar a traineira na baía sul da Grande Florianópolis. Quando os policiais chegaram à embarcação, os pescadores abriram a rede de cerco e soltaram os peixes. Porém dentro do barco já estavam cerca de 1,7 tonelada de corvinas.

    Publicidade

    Sete pescadores foram multados em um valor total de R$ 252,2 mil (R$ 36.040 de multa para cada), e a rede anilhada que é avaliada em cerca de R$ 150 mil foi apreendida. Segundo a PM Ambiental, a carga de peixe também foi apreendida e será doada para instituições de Florianópolis, entre elas o Hospital Infantil, Orionópolis e Escola de Aprendizes de Marinheiro, além da embarcação de pesca que ficou sob a responsabilidade do proprietário na condição de fiel depositário.

    Publicidade

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here