fuzis enfileirados em primeiro plano com militares do exército e da polícia ao fundo, bandeiras e uma estrutura da ponte hercílio luz
Segundo a PM, os fuzis modelo M964, são praticamente novos e não apresentam qualquer problema ou risco - PMSC/Divulgação/CSC

O Exército Brasileiro (EB) repassou à Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) nesta segunda-feira (9/12) 100 fuzis automáticos calibre 7,62mm.

O ato, simbólico, foi no Forte Santana, em Florianópolis, sob a cabeceira insular da Ponte Hercílio Luz, com as presenças do general de brigada Ricardo Miranda Aversa, comandante da 14ª Brigada de Infantaria, e do comandante geral da PMSC, coronel Araújo Gomes. O local também foi cedido pelo exército para o uso oficial da polícia e reforma do museu de armas Lara Ribas.

Os fuzis doados são usados e vieram com dois carregadores por arma. Segundo a PM são praticamente novos, com pouco uso, e não apresentam qualquer problema ou risco.

Publicidade

O modelo M964 Fuzil Automático Leve (FAL) é utilizado pelo exército desde 1968 e em 2014 começou a ser substituído pelo modelo IA2, mais leve e mais moderno. O M964, ou FAL, tem origem belga e é produzido no Brasil pela Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel). Tem poder de fogo capaz de atingir com precisão letal alvos até uma distância de 500m e suportar regime de tiro em rajada (automático). No exército brasileiro, o FAL ainda tem quatro versões utilizadas.

Em sua fala, Araújo Gomes destacou a importância da parceria entre as instituições. Devido ao grande poder bélico do fuzil, afirmou que “os fuzis doados serão destinados para as áreas rurais de fronteira, tornando estas regiões mais seguras e bem equipadas”.

Publicidade
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here