Polícia apreende remédios irregulares em farmácia de manipulação

diversas caixas de papelão e embalagens abertas sobre uma mesa de escritório; tudo bagunçado
Central de investigação do continente estoura farmácia de manipulação com remédios irregulares, proibidos e supostamente desviados do SUS - Foto: PC/Divulgação

Policiais civis da Cicon – Central de Investigação do Continente – com apoio da DIC de São José – Divisão de Investigação Criminal – conseguiram estourar, nesta terça-feira (18/9), uma farmácia de manipulação em São José.

No local, uma espécie de fábrica clandestina de anabolizantes, foram encontrados medicamentos controlados sem a devida autorização, importados de procedência duvidosa e de origem chinesa, medicamentos vencidos e hormônios que, em tese, são da rede de saúde pública e não poderiam ser comercializados. Também haviam seringas já utilizadas.

De acordo com a Polícia Civil, haviam diversas ampolas, cápsulas, substâncias como ketamina, carimbos médicos, receituários controlados e selos de medicamentos falsificados, tudo apreendido.

Publicidade

Também foram encontrados os maquinários para produção ilegal de injetáveis e dos comprimidos, que eram entregues por encomenda. Não ocorreram prisões.

As investigações são fruto dos trabalhos da Cicon, Denarc e Deic, coordenados pelo delegado Fleury.

Publicidade