Vigilância Epidemiológica: Pessoa mexendo no celular
Divulgação/CSC

Uma parceria entre o Centro de Atenção à Terceira Idade (CATI) de São José e a Polícia Civil, por meio do serviço de psicologia da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC), oferece grupos online para idosos. O objetivo é promover o cuidado, fortalecer vínculos com a rede e comunidade e prevenir a violência, embasando-se no estatuto do idoso. Além disso, são trabalhadas questões levantadas pelos participantes como a pandemia da Covid-19 e suas consequências para a saúde mental, especialmente para a população idosa.

Os grupos da Polícia Civil e do CATI acontecem via WhatsApp, adequando-se ao modelo de trabalho adotado pelo centro durante a pandemia, e estão sendo ofertados desde abril de 2021. Participam ainda uma equipe de estagiários do curso de psicologia da UFSC. Segundo a delegada de polícia Mardjoli Adorian Valcareggi, atualmente estão em andamento três grupos com encontros semanais compostos cada um por dois facilitadores e seis participantes, com duração média de oito encontros.

Publicidade