Processo seletivo da UFSC para segundo semestre terá 2 mil vagas e notas por Enem e vestibulares

    A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) publicará nos próximos dias o edital do processo seletivo não presencial para preencher 2.096 vagas em cursos de Graduação, com ingresso no segundo semestre letivo de 2021. As vagas são para 78 cursos nos campi de Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville. O processo seletivo usará notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dos anos de 2017, 2018, 2019 e 2020 e número de acertos nos vestibulares da UFSC de 2018, 2018.2, 2019, 2019.2 e 2020. As inscrições serão realizadas no período de 16 de julho a 6 de agosto de 2021.

    O edital com as regras do processo seletivo deverá ser publicado pela Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) no dia 12 de julho, junto com o cronograma completo do concurso. A previsão inicial é de que o resultado final seja divulgado até 22 de setembro.

    Do total de vagas, 1.493 deverão ser preenchidas pelos resultados do Enem e 603 pelas notas dos cinco últimos vestibulares presenciais da UFSC. No momento da inscrição, o candidato deverá optar por uma das formas de ingresso e também indicar se deseja participar do concurso concorrendo às vagas reservadas à Política de Ações Afirmativas (PAA) da UFSC.

    Publicidade

    Poderão se inscrever no Processo Seletivo UFSC 2021.2 candidatos de qualquer percurso escolar que tenham concluído ou venham a concluir o Ensino Médio até a data de matrícula na Universidade e que tenham participado de ao menos uma das edições do Enem a partir de 2017, com exceção dos que fizeram o exame na condição de “treineiros”. Para os que optarem pela forma de ingresso com as notas do Vestibular, a condição é de que tenham efetivamente realizado as provas do Vestibular da UFSC em ao menos uma das edições de 2018, 2018.2, 2019, 2019.2 ou 2020.

    A exemplo do que ocorreu no processo seletivo anterior, o concurso também estabelecerá critérios como notas mínimas e pontos de corte para que os candidatos tenham avaliadas as notas das disciplinas, no caso do Enem, ou para que tenham corrigidas as redações e as respostas às questões discursivas, para os que optarem pela forma de ingresso com notas do Vestibular. Os critérios, as notas mínimas e os pontos de corte serão fixados no edital.

    Publicidade