Recapeamento nas obras de esgotamento no Centro Histórico inicia nesta semana

rua em que houve obra com parte de asfalto e outra de terra; carros ao fundo e casas ao lado
A empresa contratada pela Casan para a ampliação do sistema de esgotamento sanitário volta a realizar a partir desta semana atividades em alguns trechos onde a rede já foi implantada - Foto: Divulgação

A empresa contratada pela Casan para a ampliação do sistema de esgotamento sanitário volta a realizar a partir desta semana atividades em alguns trechos onde a rede já foi implantada.

As principais tarefas são o corte e o rebaixamento dos trechos onde já ocorreu a escavação, seguidos da recuperação do asfalto. “Logo depois que é feito o assentamento da tubulação, o local da escavação é reaterrado com areia. Na sequência é executado o rebaixamento da camada de reaterro para execução da camada de base, para só então aplicarmos o concreto asfáltico, recuperando assim o pavimento”, explica o fiscal e engenheiro da Casan, Alexandre Jorge Pereira dos Santos.

Os pontos em que há frente de trabalho são todos sinalizados, para orientação dos motoristas e pedestres. As datas e locais onde vai ocorrer esses trabalhos de corte, rebaixamento e asfaltamento são os seguintes:

Publicidade

Terça-feira, 26 de novembro:
Corte e rebaixamento – Parte da rua Frederico Afonso e parte da rua Padre Cunha. (Trecho já escavado).
Corte e rebaixamento – Rua Coletor Irineu Comeli, entre a igreja e a Câmara de Vereadores, nos dois lados da Praça Hercílio Luz. (Trecho já escavado).

Quarta-feira, 27 de novembro:
Corte e rebaixamento – Parte da rua Gaspar Neves, a partir da praça Hercílio Luz. (Trecho já escavado).
Recuperação do asfalto – Início na rua Frederico Afonso, a partir da residência número 222, até a rua Padre Cunha, em frente a residência número 3.458.Recuperação do Asfalto – Na rua Gaspar Neves, a partir da praça até a residência número 30.

Quinta-feira, 28 de novembro:
Recuperação do asfalto – Na rua Gaspar Neves, a partir da residência número 30 até a número 221. E na rua Irineu Comeli, entre a Igreja e a Câmara de Vereadores.

Um levantamento divulgado pela equipe técnica da Casan aponta que até novembro, cerca de 71% da rede de esgoto já foram assentados em São José, nessa etapa de ampliação do projeto. Para esse ano, não estão mais previstas obras de escavação e assentamento da rede, com proposta de retomada no início de 2019.

Publicidade