Reforma da estrutura das pontes inicia na segunda quinzena de junho

0

Será iniciada na primeira quinzena de junho a obra de recuperação estrutural das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Machado Salles, em Florianópolis. A empresa portuguesa Teixeira Duarte será responsável pela execução dos serviços. O contrato é de R$ 6.984.146,89 com previsão de conclusão em 180 dias.

A intervenção estrutural nos pilares não fora planejada primeiramente pelo governo. A revitalização, feita pela empresa Cejen, custa em torno de R$ 31 milhões, e foi iniciada em fevereiro de 2019.

Segundo a Secretaria da Infraestrutura, a contratação da obra para reformar a estrutura foi definida após fevereiro desse ano, quando um laudo apontou a necessidade de recuperar emergencialmente seis blocos das estruturas.

Manutenção das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles
Publicidade

Iniciada em fevereiro de 2019, a obra de manutenção das pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Machado Salles está com 34% dos serviços executados, segundo a Secretaria de Infraestrutura. O projeto de manutenção foi licitado em 2016, e teve como base um estudo realizado em 2015, que não apontou problemas na parte estrutural dos seis blocos que precisam ser recuperados emergencialmente.

Dentro da obra de manutenção são realizados trabalhos de recuperação estrutural dos pilares e vigas em pontos localizados, hidrojateamento, pinturas metálica e impermeabilizante, montagem e desmontagem de andaimes.

A passarela de pedestres da ponte Pedro Ivo está interditada desde o dia 4 de maio para dar continuidade aos serviços de manutenção da ponte e permanecerá fechada até a conclusão da obra. Como alternativa, pedestres e ciclistas deverão utilizar as passarelas da Ponte Hercílio Luz. O prazo contratual para conclusão da obra de manutenção é fevereiro de 2021.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here