Revezamento Volta à Ilha vai reunir quatro mil atletas em Floripa

    A Volta à Ilha, maior corrida de revezamento em extensão da América Latina, será em 13 de abril - Foto: Divulgação
    A Volta à Ilha, maior corrida de revezamento em extensão da América Latina, será em 13 de abril - Foto: Divulgação

    A maior corrida de revezamento por equipe em extensão da América Latina se aproxima e reunirá quatro mil atletas na capital catarinense. Esta será a 24ª edição da prova que já é reconhecida no país inteiro: 70% dos participantes são de fora do Estado.

    Serão percorridos 140 km ao redor da Ilha de Santa Catarina com equipes de dois, oito ou 12 corredores, classificados em nove categorias. A prova acontece no dia 13 de abril com a premiação no dia seguinte.

    A complexidade da prova é o que atrai os competidores, que seguirão por paisagens com estradas de terra, trilhas, mata, montanha, dunas e ainda 20 praias. A prova tem 18 postos de troca, com distâncias entre 4 e 16 km em diferentes graus de dificuldade. Vans, carros e motos também auxiliam no transporte dos atletas neste percurso.

    Publicidade

    “É uma prova diferente, vibrante, desafiadora, que exige estratégia e planejamento na escalação de cada membro da equipe”, comenta Carlos Duarte, criador e organizador da Volta à Ilha, que é promovida pela Eco Floripa Eventos Esportivos. Segundo ele, os distintos percursos e a condição física de cada atleta estimulam o espírito de companheirismo e colaboração mútua no grupo.

    Turismo esportivo

    Aproximadamente R$ 12 milhões são gastos em Florianópolis com a corrida Volta à Ilha, segundo pesquisa feita pela própria Eco Floripa. A maioria dos quatro mil competidores se desloca de avião (68%) e eles não vêm sozinhos, quase todos trazem algum acompanhante para a viagem. Como boa parte dos atletas é de fora de Florianópolis, 81% se hospedam em hotéis. Tradicionalmente, São Paulo é o estado mais participativo do Brasil na Volta à Ilha, somando 25% do total de vagas.C

    Publicidade