Santa Catarina tem ampliação em 111 mil empregos formais até maio

    Com mais 13,5 mil em maio, saldo nos cinco primeiros meses é de 111 mil carteiras de trabalho assinadas

    Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que Santa Catarina alcançou 111,4 mil vagas de trabalho a mais entre janeiro e maio de 2021, fazendo com que, até agora, o estado esteja na terceira posição em termos de saldo de empregos formais no Brasil (diferença entre demissões e admissões).

    Em maio, SC teve saldo positivo com mais 13,5 mil postos de trabalho. O dado foi divulgado nesta quinta-feira (1º/7) pelo Ministério da Economia.

    Na divisão por setores econômicos, os serviços tiveram o maior saldo positivo de maio em Santa Catarina, com 5.355 vagas criadas. Em seguida, vieram a indústria (+4.360) comércio (+2.934) e a construção civil (+1.358). Por questões sazonais, a agricultura teve um saldo negativo de 420 vagas.

    Publicidade

    + Sine disponibiliza 7 mil vagas de trabalho em SC

    Joinville, Blumenau e São José continuam sendo os puxadores de média em Santa Catarina, com os melhores saldos municipais até maio de 2021: 9.811, 8.959 e 5.691 carteiras de trabalho assinadas, respectivamente; seguem com bons índices Itajaí (5.339) e Jaraguá do Sul (4.299). Em maio, Florianópolis foi a cidade que conseguiu melhor resultado, com 1.222 postos de trabalho, com Blumenau na segunda posição (1.174) e São José em terceiro (863).

    Estado Saldo de empregos em 2021
    São Paulo 387.121
    Minas Gerais 153.143
    Santa Catarina 111.357
    Paraná 103.432
    Rio Grande do Sul 82.134
    Goiás 62.783
    Bahia 62.384
    Rio de Janeiro 49.310
    Mato Grosso 37.853
    Pará 26.365
    Mato Grosso do Sul 24.340
    Espírito Santo 24.033
    Ceará 23.945
    Distrito Federal 19.017
    Maranhão 13.285
    Pernambuco 13.022
    Piauí 10.340
    Tocantins 8.451
    Amazonas 7.838
    Rio Grande do Norte 7.798
    Rondônia 5.292
    Paraíba 4.117
    Acre 3.771
    Roraima 1.518
    Amapá 1.145
    Sergipe -136
    Alagoas -10.084

    Brasil

    Os dados do Caged mostram que o Brasil teve saldo mensal de 280.666 postos de trabalho durante maio, assim o estoque nacional de empregos formais (total de vínculos celetistas ativos) chegou a 40.596.340, com uma variação positiva de 0,7% em comparação aos 40.315.674 registrados em abril.

    Assim como em SC, nacionalmente os setores de atividade econômica que registraram melhores resultados quanto ao nível de emprego estão o de serviços (110.956 postos de trabalho abertos principalmente em atividades ligadas às áreas de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas); comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas (60.480 postos), indústria geral (44.146 postos); agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (42.526 postos) e construção (22.611 postos).

    Publicidade