empregos em sao jose e florianopolis
Região Metropolitana de Florianópolis teve 409 novas vagas em maio; São José se destacou com segunda colocação no estado neste mês - Foto: Divulgação/CSC

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, mostram que a cidade de São José apresentou um saldo positivo na geração de empregos no mês de maio, sendo a segunda colocada em geração de novas vagas em Santa Catarina.

Neste período foram abertos 4.650 postos de trabalho e 4.395 desligamentos, o que gerou um saldo positivo de 255 vagas. Em Florianópolis o resultado para o mês também foi positivo, com 162 novas vagas, resultantes de 7.662 admissões e 7.500 desligamentos.

Em São José o setor que mais empregou foi o setor de atividades administrativas terceirizadas com um saldo positivo de 237 vagas, seguido pelo setor de atividades profissionais específicas e atividades profissionais científicas com um saldo positivo de 132 vagas e, em terceiro lugar, o setor de tecnologia da Informação com 30 vagas positivas.

Publicidade

“Estamos conseguindo manter o crescimento do município, pois acreditamos que é por meio da criação de novas oportunidades que conseguimos contribuir com o progresso daqueles que vivem e também desejam empreender, consequentemente, a cidade se desenvolve”, destaca a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont.

Emprego na Região Metropolitana de Florianópolis

No acumulado do mês de maio, a Região Metropolitana de Florianópolis tem 409 novas vagas de trabalho. Das 9 cidades analisadas pelo Caged, sete tiveram saldos positivos, ainda que a maioria pouco expressiva. Os destaques são São José e Florianópolis.

Admissões Desligamentos Variação Absoluta
São José 4650 4395 255
Florianópolis 7662 7500 162
Palhoça 1869 1802 67
Antônio Carlos 70 63 7
Biguaçu 498 493 5
São Pedro de Alcântara 13 8 5
Paulo Lopes 48 47 1
Governador Celso Ramos 41 72 -31
Santo Amaro da Imperatriz 156 218 -62
Região Metropolitana 15007 14598 409
Santa Catarina 84364 85523 -1159
Brasil 1347304 1315164 32140

 

São José já registra um saldo de 2.017 vagas no acumulado do ano. A Capital, porém, ainda acumula grande saldo negativo no ano, com menos 1.577 vagas. Florianópolis teve a maioria dos meses desse ano com bons resultados, porém em março houve o maior tombo, com mais de 2,5 mil postos de trabalhos fechados. Aos poucos a cidade tenta recuperar a geração de emprego.

Para o estado, em maio, a geração de empregos apresentou perdas de vagas, totalizando -1.159 vagas. Setores como o comércio e a agricultura tiveram maus resultados, mas com pouco impacto no acumulado do ano e dos últimos 12 meses, que marca geração positiva de vagas acima de 2,5%. O estado fechou com mês abrindo 84.364 vagas e fechando 85.523. O setor que mais reduziu vagas foi o agrícola, com 3,74% e 1157 empregos a menos. No comércio a perda foi de 0,29%, com 1226 postos a menos. A indústria manteve geração estável, com -0,05% e abertura de 24291 empregos. Nacionalmente o resultado foi positivo, com mais 32 mil vagas de emprego.

Publicidade
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here