foto aérea sobre a br 101 mostrando as cidades de são josé e florianópolis mais ao fundo
Saldo na Grande Florianópolis foi de 2 mil novos empregos - Divulgação/CSC

São José conseguiu pela terceira vez nesse ano a primeira colocação no saldo de geração de empregos em Santa Catarina. De acordo com dados do Cadeg (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) para setembro, o município teve 1.127 postos de trabalhos a mais, enquanto Santa Catarina chegou à marca de 13.049, melhor resultado para o mês desde 2004.

Para a cidade de São José os dados de empregos formais apresentam 5.082 admissões e 3.955 desligamentos, puxando o saldo da Região Metropolitana de Florianópolis, em 2.029 empregos a mais. Florianópolis teve saldo de 466, Palhoça 263 e Biguaçu 97.

Em setembro, as 10 cidades catarinenses com maiores saldos na geração de empregos foram: 1 – São José (1.127), 2 – Chapecó (806), 3 – Tubarão (701), 4 – Itajaí (654), 5 – Joinville (486), 6 – Florianópolis (466), 7 – Jaraguá do Sul (464), 8 – Blumenau (428), 9 – Concórdia (368) e 10 – Criciúma/B. Camboriú (347 cada).

Publicidade

No ano, São José está com a segunda colocação em geração de empregos, com quase 5 mil novas assinaturas em carteiras de trabalho: Joinville (7.531), São José (4.928), Chapecó (4.878), Blumenau (3.792), Brusque (3.294), Itajaí (3.217) e Jaraguá do Sul (2.782).

Santa Catarina aumenta ritmo

O estado catarinense está com bons índices de emprego nesse ano. Na divisão por setores, o destaque de setembro ficou com os serviços, com 5.364 vagas de saldo. Em seguida, aparece a indústria da transformação, com 2.981 postos de trabalho. Completam a lista o comércio (+2.590), a construção civil (+1.357) e a agropecuária (+548). No total do ano, a liderança fica com a indústria (+ 34,4 mil empregos), seguida por serviços (+ 26 mil) e construção civil (+ 9,3 mil).

Na soma até setembro, Santa Catarina ocupa a terceira posição do ranking de geração de empregos formais,  com 73 mil novos postos de trabalho, atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais, os estados mais populosos do país.

Brasil gera 157 mil vagas

Em todo o país, o saldo foi de 157.213 vagas em setembro, o que representa o melhor resultado para o mês desde 2013. Na divisão por regiões, o Nordeste se destacou (+ 57 mil empregos), seguido pelo Sudeste (+ 56 mil), Sul (+ 23 mil), Centro-Oeste (+ 10 mil) e Norte (+ 9 mil). Todos os estados tiveram saldo positivo no mês. No ano, o Brasil soma cerca de 696 mil novos empregos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here