SC terá R$ 455 milhões para bolsas universitárias em 2022

    O orçamento original do Uniedu para 2022 é 39% maior em comparação ao início do ano passado, que acabou beneficiando 53 mil pessoas – Foto: Unesc/Divulgação/CSC

    O governador Carlos Moisés anunciou na quarta-feira (19/1) que o Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu) terá investimento inicial de R$ 455 milhões. A informação também foi comunicada aos reitores das universidades cadastradas no programa em reunião com a Secretaria de Estado da Educação (SED), juntamente com a divulgação do calendário de 2022 do Uniedu.

    O governo de Santa Catarina anunciou que investirá R$ 455 milhões no Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu) em 2022. O investimento em bolsas em 2021 começou com R$ 327,2 milhões e teve acréscimo de R$ 140 milhões no decorrer do ano, beneficiando mais de 53 mil bolsistas de graduação e pós-graduação.

    Do total anunciado, R$ 300 milhões do orçamento são reservados a bolsas concedidas pelo artigo 170 da Constituição Estadual, condicionadas à participação em projetos sociais. Os outros R$ 155 milhões são destinados à concessão de bolsas por meio do artigo 171, que estão atreladas ao desenvolvimento de projetos de pesquisa e extensão.

    Publicidade

    “O investimento em bolsas de estudo tem garantido o sonho de muitos jovens estudantes de concluírem o Ensino Superior, o que, muitas vezes, não seria possível sem o apoio do Governo do Estado. Além disso, é um incentivo à qualificação profissional, à pesquisa”, declarou o governador, Carlos Moisés (sem partido).

    Durante reunião com reitores das universidades cadastradas no Uniedu, o secretário de Educação Luiz Fernando Vampiro divulgou ainda as principais datas do calendário do programa para 2022. Esta é a primeira vez que o calendário e o orçamento do programa são disponibilizados no mês de janeiro, facilitando a programação dos estudantes e das universidades cadastradas.

    A primeira etapa inicia na segunda-feira (24) com a abertura do sistema para o cadastro de novos estudantes. Já os estudantes que quiserem renovar suas bolsas devem acessar o sistema a partir do dia 15 de fevereiro, enquanto a concessão por parte das instituições de ensino tem início em 9 de março.

    Publicidade