Deputado federal Hélio Costa (à dir.) esteve em audiência com a ministra Damares Alves e o delegado Wanderley Redondo para discutir o evento, nesta quinta (23/5) - Foto: Divulgação/CSC
Deputado federal Hélio Costa (à dir.) esteve em audiência com a ministra Damares Alves e o delegado Wanderley Redondo para discutir o evento, nesta quinta (23/5) - Foto: Divulgação/CSC

Por proposição do deputado federal Hélio Costa (PRB), ocorrerá em Brasília, em junho, o primeiro Seminário Nacional da Polícia Judiciária sobre Pessoas Desaparecidas. O evento irá reunir as delegacias da Polícia Civil de Desaparecidos de todos os estados brasileiros.

O deputado conseguiu a confirmação do seminário após reunião com a Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, nesta quinta-feira (23/5).

O tema principal das discussões será a Lei Número 13.812, de 16 de março de 2019, que institui a Política Nacional de Busca de Pessoas Desaparecidas e cria o Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas. Serão dois dias de debate com a participação da ministra Damares Alves e do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Publicidade

“A questão dos desaparecidos precisa ser debatida nacionalmente. A ação de busca pelas pessoas necessita de uma conexão direta e única, como é a proposta do cadastro nacional. Santa Catarina faz um trabalho exemplar que pode ser seguido por outros Estado da Federação”, comentou Hélio Costa.

O Delegado da Polícia Civil de Santa Catarina, Wanderley Redondo, também participou da audiência em Brasília com a ministra. De acordo com ele, o Estado tem atualmente 1.352 pessoas desaparecidas, sendo 15 crianças, 220 adolescentes e outros 1.117 adultos.

+ Arquivo: Resolução de desaparecimentos em SC torna-se referência nacional

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here