Trio que tentou matar colega de trabalho dentro de carro em chamas é condenado

    Três homens acusados pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) pela tentativa de homicídio de um colega de trabalho em Águas Mornas foram condenados, nesta terça-feira (28/6), pelo Tribunal do Júri da Comarca de Santo Amaro da Imperatriz. O crime ocorreu em 2009 e chocou a comunidade pela crueldade. Depois de espancarem a vítima violentamente, os réus o colega de trabalho em um carro e atearam fogo no veículo para tentar matá-lo.

    Segundo o MPSC, na madrugada de 24 de novembro de 2009, os réus Maycon Rui Batista, Márcio dos Santos Vieira, Sérgio Lenoir Ramilio foram a um bar em Santo Amaro da Imperatriz. No mesmo local estava a vítima, Silvio dos Santos, colega de trabalho dos acusados. Todos ingeriram bebida alcoólica e se indispuseram – os réus tinham ciúmes do bom relacionamento que Sílvio tinha com os patrões.

    Após algum tempo, a vítima saiu do local em seu carro para ir para casa. Maycon, Márcio e Sérgio a seguiram até a altura do trevo que dá acesso ao centro de Águas Mornas. Ali conseguiram interceptar Sílvio e o arrancaram do carro. Em seguida os três passaram a agredi-lo com socos e pontapés. O crime apenas não se consumou por razões alheias à vontade dos acusados, visto que a vítima, ao fingir estar desfalecida e assim enganar seus executores, conseguiu se desvencilhar do interior do veículo, que estava em chamas, procurar ajuda e ser socorrida em tempo, sendo encaminhada para atendimento médico resistindo aos ferimentos sofridos.

    Publicidade