UFSC sofre ataque de hackers no primeiro dia de aulas online

    A UFSC iniciou nesta segunda-feira (31/8) o primeiro dia oficial de aulas online no novo calendário. A plataforma Moodle, utilizada pela universidade para a distribuição do conteúdo, porém, sofreu diversos ataques de hackers durante o fim de semana e essa segunda.

    Segundo a administração da UFSC houve uma sequência de ataques de negação de serviço direcionados aos servidores da plataforma. As equipes da superintendência de governança eletrônica e tecnologia da informação e comunicação (Setic) trabalharam desde o domingo para tentar mitigar as investidas contra os sistemas da instituição. A ação impactou o acesso de todos os estudantes e professores que voltariam às aulas nesta segunda pela manhã. O acesso à plataforma Moodle foi estabilizado às 8h45.

    A UFSC informou que vai registrar boletim de ocorrência junto à Polícia Federal para que investigue o caso. A Lei dos Crimes Cibernéticos determina detenção de três meses até um ano e multa para quem invade “dispositivo informático alheio, conectado ou não à rede de computadores, mediante violação indevida de mecanismo de segurança e com o fim de obter, adulterar ou destruir dados ou informações” (artigo 154 do Código Penal). A pena é igual para quem interrompe serviço “informático, telemático ou de informação de utilidade pública” e aplicada “em dobro se o crime é cometido por ocasião de calamidade pública” (artigo 266 do Código Penal).

    Publicidade

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here