Cerca de 250 pessoas ficaram desalojadas em Florianópolis

Foram registradas também 300 quedas de árvores

0

Por causa do temporal dessa terça (30), cerca de 250 pessoas ficaram desalojadas em Florianópolis e tiveram que ir para a casa de parentes ou amigos, especialmente no maciço do Morro da Cruz, no Centro, e em alguns pontos do Norte da ilha.

Até o início dessa quarta (1/7) foram distribuídos 6 mil m² de lona, e a expectativa é que Defesa Civil municipal distribua cerca de 20 mil m², informa a prefeitura.

homens uniformizados vistos de costas sob árvore, galhos caídos em volta centro de florianópolis ao fundo
Segundo a prefeitura, maioria das famílias desalojadas é do maciço do Morro da Cruz – PMF/Divulgação/CSC

As rajadas de vento foram entre 80 e 100 km/h em Florianópolis, e, de acordo com as Celesc, mais de metade da cidade ficou sem energia elétrica durante a madrugada. Até o início da tarde, mais de 60 mil unidades estavam sem luz. Na terça esse número chegou a 150 mil unidades.

Publicidade

+ Temporal provoca nove mortes em SC

No Córrego Grande, uma árvore caiu sobre uma van e um outro veículo, e outras dezenas de ruas foram interditadas por quedas de árvores. Pelos cálculos da prefeitura, cerca de 300 árvores foram derrubadas pelo vento, e 2 mil residências ou estabelecimentos sofreram algum tipo de dano no telhado ou cobertura.

+ Vídeo: vendaval arranca telhado em Jurerê

O Centro de Saúde do Morro das Pedras está fechado pois árvores caíram sobre o posto, e o Centro de Saúde Balneário estará fechado para mudança da unidade.

árvore caída sobre uma casa de classe média com bombeiros na frente
Foram registradas ao menos 300 quedas de árvores sobre ruas, veículos e residências – PMF/Divulgação/CSC
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here