Comprovante de vacinação começa a ser exigido em grandes eventos em Florianópolis

A partir desta terça-feira (16/11), quem quiser entrar em um local fechado com grande aglomeração em Florianópolis terá que estar com a vacinação de coronavírus em dia. A cidade começa a exigir o passaporte de vacinação no setor eventos: estabelecimentos de shows, feiras, congressos e jogos, com público superior a 500 pessoas.

celular com aplicativo conectesus utilizado para comprovante de vacinação em frente a tela de computado com site do conectesus
Comprovação pode ser feita pelo aplicativo ConecteSUS – Lucas Cervenka/CSC

A exigência é de imunização de duas doses para pessoas com mais de 18 anos e primeira dose para pessoas de 12 a 17 anos. A comprovação pode ser feita com a carteira de vacinação ou pelo aplicativo ConecteSUS. Segundo o Ministério da Saúde, após a vacinação, pode levar 10 dias até os dados estarem disponibilizados no sistema nacional.

Também nesta terça a prefeitura lança o selo de identificação Local Seguro para estabelecimentos que, mesmo que não pertencentes ao grupo de exigência do passaporte da vacina, poderão aderir comprovar a adequação de local frequentado por pessoas vacinadas. O Selo Local Seguro é um incentivo, portanto, não é obrigatório.

Publicidade

A capital tem 400.206 pessoas com o esquema vacinal completo, ou cerca de 79% da população total. Entre os adolescentes, a cobertura com a primeira dose é de 65% desse grupo.

Nessa terça serão aplicadas apenas segundas doses e doses de reforço (terceira dose). A aplicação de primeira dose para adolescentes e demais públicos está suspensa até a chegada de mais lotes de vacina contra Covid.

Por Lucas Cervenka – reportagem@correiosc.com.br

Publicidade