Palhoça: Dono de agropecuária que vendia pássaros silvestres é preso pela PF

    pássaro dentro de gaiola - pf prende dono de agropecuária por venda de fauna nativa
    Ação da PF e Ibama prendeu o homem por comercialização da fauna nativa em sua agropecuária – PF/Divulgação/CSC

    Nesta terça-feira (3/8), um homem de 37 anos foi preso em flagrante por vender animais irregularmente. A ação para coibir o comércio ilegal de animais silvestres, denomindada de Anilha Falsa III, foi da Polícia Federal e do Ibama em Palhoça.

    O vendedor, dono de uma agropecuária, comercializava pássaros silvestres no estabelecimento. No local havia espécies como Trinca-ferro (Saltator similis), Canário da Terra verdadeiro (Sicalis flaveola) e Coleirinha (Sporophila coerulescens).

    O proprietário da casa agropecuária foi conduzido à sede Polícia Federal em Florianópolis e responderá pelo crime de lesão à fauna silvestre (artigo 29 da lei 9.605/98), que pode dar até um ano de cadeia. Segundo a PF a ação foi deflagrada através de denúncias confirmadas por investigação em trabalho de campo.

    Publicidade