Governo prevê que toda a população catarinense adulta esteja vacinada até outubro

    O Governo de Santa Catarina pretende vacinar toda a população catarinense com 18 anos ou mais até 23 de outubro de 2021. A informação está na projeção do calendário de vacinação contra a Covid-19, que traz detalhes de como será a imunização por faixa etária, divulgado nesta terça-feira (8/6) pela Secretaria de Estado da Saúde. De acordo com o calendário, serão oito etapas. A primeira delas, de pessoas com idade entre 59 e 55 anos, começou em 4 de junho, com a primeira dose.

    calendário de vacinação de covid prevê que toda a população catarinense esteja vacinada até final de outubro
    Calendário de vacinação de Covid divulgado pelo governo de Santa Catarina: população adulta vacinada até 23 de outubro – SES/Divulgação/CSC

    A próxima etapa, de pessoas com idade entre 50 e 54 anos, já está prevista para iniciar em 14 de junho. Em seguida, será a vez da população com idade entre 49 a 45 anos, depois 44 a 40 anos, 39 a 35 anos, 34 a 30 anos, 25 a 29 anos e, por fim, 24 a 18 anos, sempre de forma decrescente.

    A expectativa do governo estadual é vacinar a população que está sendo mais acometida neste momento pela Covid, que é a que está na faixa etária dos 40 anos, antes do início do inverno, estação onde há maior ocorrência de doenças respiratórias.

    Publicidade

    + Vacinação por idade contra o coronavírus avança com chegada de mais doses

    “A vacinação em massa é a única maneira de superarmos essa pandemia, que tanto nos afetou desde março de 2020. Com a previsão da chegada de novas doses, pudemos fazer essa previsão de calendário. Trata-se de algo factível e que lutaremos para que se concretize e, se possível, até mesmo adiantar datas. Nosso esforço de auxílio aos municípios será contínuo”, diz o governador, Carlos Moisés.

    “(Há) uma sinalização positiva do Ministério da Saúde de um calendário de entrega de vacinas a ser cumprido nas próximas semanas. Com isto, a população catarinense terá mais transparência para melhor entender quando cada um poderá ser imunizado contra a Covid-19”, assinala André Motta Ribeiro, Secretário de Estado da Saúde.

    Com informações do Governo de Santa Catarina

    Publicidade