Grupo que forjou sequestro para extorquir família é preso em Florianópois

Mulher forjou o próprio sequestro para roubar família e pagar dívida de drogas
Mulher fez vídeochamada com roupas ensanguentadas para simular o próprio sequestro e roubar família pagar dívida de drogas – PC/Divulgação/CSC

Três homens e uma mulher que forjaram um sequestro foram presos na madrugada dessa terça-feira (2/10) em Florianópolis. A Polícia Civil esclareceu a tentativa de extorsão mediante o falso sequestro da mulher, na região Norte da Ilha. A falsa vítima, de 29 anos, estaria sendo mantida refém pelo homens para assustar a família dela.

Informações repassadas pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul deram conta que a família da mulher, de Santa Cruz do Sul, estava sendo coagida a pagar R$ 10.000,00 para que ela fosse libertada. Além de diversas mensagens contendo ameaças de morte, uma chamada de vídeo mostrando a refém amarrada, ensanguentada e sofrendo agressões.

As investigações preliminares, em conjunto pelas Delegacias de Roubos e Antissequestro (DRAS) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) da Polícia Civil indicaram que a própria refém poderia estar praticando o crime de extorsão, o que foi confirmado quando localizada em um motel, juntamente com outros três homens cúmplices, em Florianópolis.

Publicidade

Segundo a PC, a própria moça planejou extorquir familiares, por conta de problemas com drogas, tendo sido os quatro presos em flagrante e autuados pelo crime de extorsão contra os familiares no Rio Grande do Sul.

Publicidade