Identificada a mulher que abandonou recém-nascida em Florianópolis

quatro profissinais do samu sorriem para selfie; a médica segura a neném no colo, que está com rosto borrado
Recém-nascida foi abandonada por mulher de Criciúma no Centro da capital e ficou cerca de 26h em caixa de papelão - Divulgação/CSC

A Polícia Civil identificou nesta quarta-feira (23/10) a mulher responsável por abandonar uma criança recém-nascida no Centro de Florianópolis, no último domingo (20). A ação é da 6ª Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) da Capital em conjunto com a 1ª Delegacia de Polícia de Criciúma.

Segundo o delegado Flávio Lima e Silva Júnior, da 6ª Dpcami, a suspeita de abandonar a criança é a mãe do bebê, tem 35 anos e é moradora de Criciúma. A criança foi localizada abandonada na segunda-feira (21) por funcionários de um estacionamento, no Centro da capital, dentro de uma caixa de papelão, no interior do estabelecimento. Após atendimento médico, a criança foi entregue ao Conselho Tutelar e passa bem.

Iniciada a investigação, verificou-se, por meio da análise de imagens de monitoramento, que a criança foi abandonada por uma mulher, por volta de 05h30min, do dia 20; ou seja, a recém-nascida ficou sozinha por quase 26 horas.

Publicidade

“A suspeita esteve na delegacia do município de Criciúma, onde foi interrogada sobre o caso. De acordo com ela, o parto ocorreu no município de Içara. Após período de internação, veio à Florianópolis, transportada por motorista de aplicativo, abandonou a criança e retornou para Criciúma”, afirma o delegado.

Segundo ele, as investigações prosseguem no sentido de esclarecer algumas informações, especialmente se houve a participação de outras pessoas no crime.

Publicidade