Índia libera envio de vacina de coronavírus para o Brasil

    O governo da Índia liberou as exportações comerciais de vacinas contra a covid-19. As primeiras remessas serão enviadas na sexta-feira (com previsão de chegada no sábado) para Brasil e Marrocos, disse o secretário de Relações Exteriores da Índia, Harsh Vardhan Shringla, nesta quinta-feira (21/1) à Reuters.

    Índia libera envio de vacina de coronavírus para o Brasil - frascos de doses de vacina
    Pixabay/Divulgação/CSC

    As vacinas desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford estão sendo fabricadas no Instituto Serum da Índia, o maior produtor mundial de vacinas, que recebeu pedidos de países de todo o mundo. Nessa quinta, parte do instituto pegou fogo, mas não afetou a produção ou estoque de vacinas de coronavírus.

    O governo indiano havia suspendido o envio de doses de vacina ao Brasil durante a semana para iniciar seu próprio programa de vacinação. Agora, o governo brasileiro espera ao menos 2 milhões de doses nesse lote, encomendadas pela Fiocruz.

    Publicidade

    Em breve o Ministério da Saúde deverá divulgar a quantidade exata de doses recebidas e a distribuição para cada estado.

    + Plano de vacinação à Covid em SC

    Publicidade