Polícia Civil apreende drogas em hotel no Estreito, em Florianópolis

Além da ação na Capital, 2ª Delegacia de São José teve dia movimentado: fez grandes apreensões de drogas e resgatou uma menina de 10 anos mantida em cárcere privado por traficantes

mesa de escritório com todas as drogas apreendidas dispotas; são pequenos montes de pílulas, cartelas e embalagens de plástico
Foto: PC/Divulgação

Na última quinta-feira (16/8), após alguns dias de investigação, a Central de Investigação do Continente (Cicon) logrou êxito em apreender 724 comprimidos de ecstasy, 1.831 micropontos de LSD, 60 buchas de cocaína de tamanhos variados e um torrão de maconha.

A diligência ocorreu em um Hotel da região do bairro Estreito, em Florianópolis, após as investigações preliminares apontarem que um dos seus quartos estaria sendo utilizado para guardar drogas e outros objetos ilícitos.

No local, após a chegada da Polícia Civil, um suspeito foi surpreendido em flagrante de delito tentando se desfazer de uma sacola que foi devidamente apreendida. Nela, foram encontrados documentos, celulares, as drogas e cartas que, segundo a Polícia Civil, são relevantes para a investigação que está em curso.

Apreensões em São José
Publicidade

Nesta quinta, a 2ª Delegacia de Polícia de São José deu cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão no Bairro Morar Bem, local de disputa de facções criminosas. Foram apreendidas 50 pedras de crack, aproximadamente 100g de cocaína, balança de precisão, anotações do tráfico, certa quantia em espécie, celulares e produtos eletrônicos oriundos de crime.

Na ação, pelo crime de tráfico e associação ao tráfico de drogas ilícitas, foram presos Mateus Pereira Gonsalves, Natanael Donizete da Silva e Olin Lima dos Santos, além de um adolescente de 17 anos.

A Operação no bairro contou com o apoio de  aproximadamente 30 Policiais Civis das 1° e 3° Delegacias de São José, DPCAMI, DIC, DPco de Biguaçú e DPmu de Antônio Carlos. As investigações e o combate ao narcotráfico irão continuar naquela localidade, informa a Polícia Civil.

Menina resgatada do tráfico

Ainda nesta quinta-feira, a Polícia Civil, em ação conjunta da DIC de São José e SIC da 1ª DP de São José, realizou operação na favela do Forquilhão visando localizar uma menina de 10 anos de idade que estava em poder dos traficantes locais. A situação era de que ela é enteada de um homem assassinado pelos criminosos e foi mantida em cativeiro pelo grupo.

Foi abordado um bar onde foram apreendidas (192) cento e noventa e duas pedras de crack mais certa quantia em dinheiro. Em continuidade na operação foi abordado outro bar onde a menina mantida sob o poder dos traficantes foi resgatada. As investigações prosseguem até a total apuração dos responsáveis pelo tráfico no local e dos autores do suposto homicídio.

Publicidade